quinta-feira, 25 de abril de 2013

Por que a Bíblia NÃO é a palavra de Deus

Link da matéria com os comentários Link abaixo
http://querosaberaverdadesim.blogspot.com.br/2013/04/por-que-biblia-nao-e-palavra-de-deus.html



Por que a Bíblia NÃO é a palavra de Deus


Antes de tudo essa é uma critica de alguém que acredita em Jesus Cristo

                                                          Autor: Marcos C.

Por que, Deus que criou o universo, criou os animais, os homens e a natureza tudo tão perfeito , não poderia ter escrito um livro? Será que Deus realmente precisaria de ajuda do homem para fazer alguma coisa? certamente NÃO. Portanto se Deus NUNCA escreveu ou entregou um livro aos homens é porque NÃO QUIS, simplesmente isso. A Bíblia ser a "Palavra de Deus" é apenas um argumento humano antigo para ninguém questionar o que esta escrito ali, mas TODOS sabemos que Deus não escreveu UMA linha sequer do Livro tido como "Sagrado".

Bem o que quero dizer com isso é que muito do que esta ali pode estar, e esta, errado, muito do que esta ali pode ser, e é, o pensamento dos homens e seus preconceitos escritos como se fosse sagrado, e não é. O homem é imperfeito e nunca seria capaz de escrever nada perfeito. Mas Deus por outro lado poderia escrever um livro perfeito, mas NÃO fez.

Dito isso sabemos que a Bíblia é obra do homem e não é a "A Palavra de Deus" mas "A Palavra do homem".
Muitos ingênuos acham que Deus não permitiria que mudassem a Bíblia, mas isso é besteira, Deus não faria nada, basta vc comprovar, pegue uma bíblia modifique o que quiser e imprima e distribua por ai, vera que não vai cair um raio em sua cabeça, por que ? Porque Deus é Pai e assim como qualquer pai sensato deixa seus filhos aprenderem com seus erros.

O que todos tem que entender é que a Bíblia é um compilado de relatos orais de homens primitivos sobre o que eles pensavam sobre Deus, e o que viram na passagem de Jesus na terra.
A Bíblia tem coisas lindas a ensinar, mas coisas horríveis são atribuidas a Deus o que não é compatível com o que Jesus pregou, um Deus de amor. Jesus ensinou a não reagir a uma agressão e no antigo testamento esta que Deus é implacável com seus inimigos , mata até crianças, mas isso é uma grande contradição e muitos ditos crentes fingem não ver e outros infelizmente são ignorantes demais para questionar.

O que sai dessa contradição é o Ateismo, não recrimino os que assim pensam pois parece ser a única saida para os absurdos que querem ensinar. Como um Deus perfeito , que é onisciente, conhece o passado, o presente e o futuro, pede para um de seus queridos filhos , Abraão para Matar seu próprio filho?! , se Deus sabia o que ia acontecer pra que fazer isso? absurdo certo...e com isso mais e mais ateus vão surgindo graças as inconsistências e contradições Bíblicas , que se fosse admitidas e compreendidas pelos Cristão poderiam evitar a grande debandada de muitos para o Ateísmo.

Para quem não sabe, dizer que a  Bíblia é perfeita e infalível  foi coisa dos romanos, primeiros catolicos, la no começo do cristianismo para dar autoridade ao livro da nova religião e isso não é privilegio do livro não! eles também instituíram que o PAPA também era infalível, ou seja assim como a Bíblia o Papa também era "perfeito". Esse "estilo" para dar autoridade as coisas foi o que fez mais tarde a Igreja Católica Ortodoxa romper com o Vaticano por não concordar que o Papa fosse infalível. Ta certo! como um homem imperfeito só por se tornar Papa se transforma em perfeito? mas percebam que esse é o mesmo principio usado com o Bíblia.

Se alguém questionasse a Bíblia o que acontecia? morte, fogueira e etc. Apenas a bem pouco tempo é que tivemos a possibilidade de perguntar e questionar sem sermos mortos ou excluidos da sociedade, mas a discriminação ainda continua, experimente questionar a Bíblia sobre os assuntos colocados aqui em uma igreja e o que vai ouvir é :" Não tem unção", "não tem espírito santo para entender" ," Se fosse cristão não questionaria a palavra de Deus" e assim será discriminado na igreja, sera tratado como alguem de nível inferior e quem quer isso? ser tratado diferente dos amigos e familiares? e assim os Líderes vão evitando por anos que sejam questionados sobre os absurdos contidos na Bíblia
Contradição? Sim , muitas. Mas claro que isso aconteceria, afinal o Antigo testamento é da Religião Judaica e o Novo testamento da Religião Cristã, uma junção disso em algo único, lógico que daria problemas e contradições, e deu. Se a religião Judaica  estivesse certa(Leis do Antigo Testamento) por que Jesus viria a terra? não tinha motivo. Se seu dito "pai"(que dizem ser a mesma pessoa que Jesus) falou "pessoalmente" com Moises e explicou tudo, por que Jesus viria aqui?!. Bom mas ele veio e se veio era porque tinha algo errado, e se tinha algo errado como ainda lemos o antigo testamento como se fosse valido e 100% certo?
Muitos no intuito de defender o Antigo Testamento citam Mateus 5:17-18 :
Continue Lendo a Matéria Clicando em "Mais informações" Logo Abaixo
"Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido. "
Mas se Jesus estivesse falando de todas as Leis do Antigo Testamento por que ele não apedrejou a adultera? Ora se era pra cumprir as Leis, quando trouxeram a mulher e perguntaram a Jesus em João 8:5 :

"E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? ", se ele veio "cumprir as Leis" deveria ter dito: - "Cumpra-se a minha Lei"(afinal Jesus e Deus são a mesma pessoa); e pronto mas Jesus não fez isso então tem algo errado certo? Claro ele NÃO veio cumprir Leis do Antigo Testamento mas sim as LEIS VERDADEIRAS do VERDADEIRO Deus.

Quer outro exemplo? Jesus curava aos Sábados e é proibido pelas Leis do Antigo testamento, então o que Jesus  fazia NÃO seguia CLARAMENTE o Velho testamento e suas Leis. Provando mais uma vez que Não foi ele que as mandou.(ja que acham que Jesus e Deus são um só, e que esse Deus é Jeová).

Com isso, esta claro que Jeova ou Jave NÃO é o Pai de Jesus, muito menos a mesma pessoa, basta ver as diferenças de atitudes de ambos, se eles fossem Pai e Filho ou mesmo a mesma pessoa como Jesus deixaria de Apedrejar a Adultera? não foi ele mesmo(como Jave) que disse para fazer isso??! . Por essas e outras que o Antigo Testamento Jamais deveria ser anexado ao Novo Testamento como mesma religião pois não é, nem sequer falam do mesmo Deus, vide a diferença com que Jesus agia e como Jeova agia.

Para os que podem estar espantados, saibam que Jesus alem de nunca ter chamado seu Pai de Jeova ou Jave(e olha que teve inúmeras oportunidades de chamar), ele chamou Jeova ou Jave de DIABO, isso mesmo ele chamou o "Deus" do Antigo Testamento de DIABO, vejamos em João 8:42-44:
"Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.
Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra.
Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. "

Bom, esta bem claro o que Jesus pensa de Jeova: " Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele", sim Jesus tambem achava absurdo os assassinatos cometidos por Jeova/Jave no antigo testamento e veio a terra para acabar com esse engano de confundir esse dito "Deus" com o verdadeiro Deus que é seu Pai misericordioso. Para quem pode pensar que Jesus estava falando do Diabo mesmo , o diabo não foi "homicida desde o principio" até por que na Bíblia o Diabo não matou ninguem( ou para alguns os filhos de Jó , mas com a permissão de Jeová, então Jeová os matou) enquanto Jeová/Javé sozinho matou mais de 2 Milhões de pessoas , então de quem Jesus estava falando? claro, de Jeová, até por que, quem é o Pai dos Israelitas?.

Aqui mais informações que Jeová/Javé pode ser o DIABO:  I Crônicas 21: 1: "Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar a Israel" ------mas em  II Samuel 24: 1: "E a ira do Senhor se tornou a acender contra Israel: e incitou Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel de Judá". Afinal quem incitou Davi?! Jeová ou o Diabo? ou Jeová é o Diabo?!. Com esses dois trechos crentes tem que escolher, ou a Bíblia é contraditória ou Jeová é o Diabo.

Em Êxodo 32 esta uma das mais famosas passagens Bíblicas, a do Bezerro de Ouro, e uma das que mais provam que Jeová NÃO é Deus, Moises demorou no monte e seu povo fez um bezerro de ouro e o chamou de deus, vou colocar as partes mais importantes mas podem ler tudo que não muda nada:



"Disse o Senhor a Moisés: "Tenho visto que este povo é um povo obstinado.
Deixe-me agora, para que a minha ira se acenda contra eles, e eu os destrua. Depois farei de você uma grande nação". Êxodo 32:9-10

"Deus" queria MATAR TODO o povo mas....Moisés, um homem apenas, interveio :


 Moisés, porém, suplicou ao Senhor, o seu Deus, clamando: "Ó Senhor, por que se acenderia a tua ira contra o teu povo, que tiraste do Egito com grande poder e forte mão?
Por que diriam os egípcios: 'Foi com intenção ma­ligna que ele os libertou, para matá-los nos mon­tes e bani-los da face da terra'? Arrepende-te do fogo da tua ira! Tem piedade, e não tragas este mal sobre o teu povo!
Lembra-te dos teus servos Abraão, Isaque e Israel, aos quais juraste por ti mesmo: 'Farei que os seus descendentes sejam numerosos como as estrelas do céu e lhes darei toda esta terra que lhes prometi, que será a sua herança para sempre' ".
E sucedeu que o Senhor arrependeu-se do mal que ameaçara trazer sobre o povo.
Êxodo 32:11-14


Aqui Moises dá "conselhos" a Deus, dá "conselhos" a um ser Onisciente e perfeito, como isso é possível??? será que as pessoas não percebem o que tem de errado nisso?! quer dizer que Moises, um homem, é mais misericordioso que o ser mais perfeito e mais amoroso do universo ?????  
Se Deus é Deus, tudo que ele faz esta certo , então como ouvir conselhos de um homem e deixar de fazer algo??? e ainda ARREPENDER-SE??? como um ser onisciente que conhece o futuro se arrepende??? impossível, a não ser que esse suposto "Deus" não fosse o VERDADEIRO Deus e sim um Espírito ou um Anjo enganador buscando adoração e poder.

Bem ai Moises desceu o monte e MATOU somente 3000 pessoas afinal ele é mais bonzinho que "Deus" que queria matar todos(inclusive as crianças que não tinham nada a ver com isso):



Declarou-lhes também: "Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: 'Pegue cada um sua espada, percorra o acampamento, de tenda em tenda, e mate o seu irmão, o seu amigo e o seu vizinho' ".
Fizeram os levitas conforme Moi­sés ordenou, e naquele dia morreram cerca de três mil dentre o povo.
Disse então Moisés: "Hoje vocês se consagraram ao ­Senhor, pois nenhum de vocês poupou o seu filho e o seu ir­mão, de modo que o Senhor os abençoou neste dia".
Êxodo 32:27-29

Muito legal esse Moises afinal matou só 3000, essa atitude se parece com uma atitude que JESUS tomaria????? CLARO QUE NÃO! então como alguém pode acreditar que esse "Deus" e Jesus são a mesma pessoas????!!!!!!

Imaginem o seguinte, um Pai vê o filho de 4 anos fazendo besteira, seria certo ele espancá-lo quase até a morte? ou castigá-lo da forma mais cruel? NÃO ...se homens imperfeitos como nós sabemos que isso é errado como Deus não pode saber? pois era isso que aquele povo de Moises era : "criança", crianças espirituais , tinham acabado de saber que existia um "Deus" único, não sabiam nada sobre ele, além se serem primitivos em todos os níveis, ai "Deus" que "ama" seus filhos por causa de um erro resolve MATA-LOS TODOS, que isso? e só não matou porque um Homem o aconselhou e o fez se arrepender......será que os crentes não vêem algo errado nisso??

Em respeito ao Verdadeiro e amoroso Deus, não seria mais sensato admitir que esses relatos vem da ignorância do estado primitivo daquele povo? ou que o espírito que se apresentou como "Deus" NÃO era realmente Deus?



Esta claro também que antes de Jesus NINGUÉM conhecia o Verdadeiro Deus : Mateus 11:27 : "... ninguém conhece o Filho senão o Pai. E ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar". Jesus veio ensinar quem era o verdadeiro Deus e como ele agia. 

Ainda existe a questão que NUNCA Deus foi visto, ao contrario do que diz o Antigo Testamento em que Moises, Abraão, Jacó e 70 anciãos viram "Deus"... ou eles foram ENGANADOS ou a Bíblia se CONTRADIZ:

"Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém."
1 Timóteo 6:16

"Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou".
João 1:18
Temos ai João Batista dizendo que "Deus nunca foi visto por alguém" e em 1 Timóteo " ...nem pode ver..." se NINGUÉM viu ou PODE ver Deus então como pode ser esse Deus Jeová/Javé que foi visto várias vezes??????

Outro Ponto importante ainda em João 1, esta um versiculo antes :
"Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. "
João 1:17
João NÃO diz que a Lei foi dada por Deus, mas sim por Moisés, deixando claro que foi o Homem Moisés que as criou e depois ele diz  : "...a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo" ele disse A VERDADE ou seja antes havia MENTIRA e qual VERDADE ele estava falando? sim a verdade que Deus, Pai de Jesus, Não era violento(como Jeová) e sim um Deus de AMOR e PAZ como Jesus. E quem imagina que Deus e Jesus são um só, por que então João não disse que as Leis foram dadas por Jesus, ja que ele é Deus????João deixou claro na mesma frase de onde veio "o que", as Leis de Moises e a graça e a verdade de Jesus.
As Leis do Antigo Testamento NÃO vieram de Deus/Jesus e ponto final.


Vejamos essa afirmativa "Eu o Senhor, não mudo!" (Mal.3:6) , bem mas mudou, ja no Novo testamento mudou, era mais calmo , era contra violência, isso já é uma GRANDE contradição Bíblica ,"Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente!" (Heb.13:8), então tem algo errado certo? e ainda se "Deus" não muda por que não continua até hoje falando com as pessoas das nuvens e aparecendo em sarças ardentes? por que não Fulmina todos os ímpios com um raio? Não faz isso por que Jesus veio justamente acabar com esse engodo e afirmar que Jeová NÃO ERA seu PAI.
O verdadeiro Pai de Jesus NÃO era Homicida, ciumento e tantas outras coisas que não são necessárias falar. E ainda tem os que acham que Jesus e Jeová são a mesma pessoa, como?!. Muitos crentes acham que entendem de Bíblia mas parecem não saber que a "TRINDADE" NÃO esta na Bíblia, eles acreditam em algo que disseram a eles e que nunca esteve no dito "Livro Sagrado", parece que não entendem tanto de Bíblia quanto pensam.

Se Jeová é Deus e criou todos os povos porque ele escolheu somente um deles como especial? não é injusto demais?? muitos vão dizer que porque foram os unicos a adora-lo, MENTIRA, os israelitas também tinham muitos Deuses , tanto que Moises demorou um pouco no monte quando desceu ja estavam adorando ao deus BAAL que tem como simblo o bezerro.

De qualquer forma bastava ele aparecer para todos os povos assim como fez com Moises ora...ele escolhia um profeta de cada povo e ia aparecendo pra todos, isso sim seria justo, aparecer para um povo só e manda-lo matar os outros é de uma injustiça absurda. Por que se manifestar apenas para os israelitas? isso é mais uma prova que Jeová não era o verdadeiro Deus que criou todos os povos, senão ele não discriminaria nenhum de seus filhos.

A religião Judaica é tão incompatível com o que Jesus veio pregar que eles NÃO aceitam Jesus como Messias , pois ele não foi violento e não tomou Roma pela espada, ou seja, não tinha o carater guerreiro de Jeová/Javé.
Deus é justo deixando , por exemplo, os Chineses sem orientação do que é o correto para ganhar o paraiso??? Os Chineses estão no ano de 4711 ou seja muito antes de Jesus eles ja tinham civilização e parece ser justo Deus, Pai deles também, ignora-los?
Mas então por que leem o Antigo testamento como se fosse tudo igual? CONTROLE.
Todas as Leis de controle e o famoso DIZIMO estão no Antigo Testamento e alguém acha que os Romanos que compilaram a Bíblia iam perder isso???

OBS: 
JEOVÁ nem sempre foi considerado Deus único Sabia? - AQUI : http://super.abril.com.br/religiao/deus-biografia-610975.shtml



CONCÍLIOS:
Quem pensa que a Bíblia esta intacta do jeito que foi escrita lá atrás esta redondamente enganado, o que se lê hoje é resultado dos CONCILIOS Catolicos , em que foram escolhidos quais evangelhos fariam parte da Biblia.
Bem, se foram os homens que escolheram os livros, como podem não terem errado? homens são imperfeitos e como fariam uma escolha perfeita? IMPOSSÍVEL , por isso a Bíblia NÃO pode e nunca sera PERFEITA pois é resultado do trabalho de Homens.

Foram 113 evangelhos descartados nos concilios, chamados de evangelhos Apócrifos, 113 são muitos livros, será que não deixaram passar nada importante? se todos os evangelhos foram "inspirados" por Deus por que Descartar tantos? 

Não podemos esquecer que até + ou - o ano de 1520 a Bíblia só era lida pelos membros da igreja, os clérigos,em Latim e que a população não tinha acesso como hoje ao livro. Somente com a revolta de LUTERO é que a Bíblia chegou as mãos de pessoas como nós, traduzida do latim para outras linguas.
Imaginem o que se faz com 1300 anos de monopólio das escrituras? será que não foi modificada 1 linha do que Jesus ensinou? ingenuidade demais pensar isso.....
evangelho apócrifo



INTERPRETAÇÃO:

A interpretação da Bíblia depende do interesse do homem, pois quando interessa é interpretada Literalmente...mas também pode ser Filosoficamente quando interessar.
Esse tipo de coisa NÃO deveria ser aceito como normal.


TÉCNICAS HUMANAS ANTIGAS:

Uma maneira de manter o controle e evitar perguntas sobre os erros da Bíblia é uma técnica humana antiga, quem conhece o conto "A nova roupa do Rei" sabe como os líderes religiosos agem , se você disser que tem alguma dúvida ou que existe erro na Bíblia eles dizem que você "não recebeu o Espirito Santo" , "que não tem unção" e etc..., a mesma tecnica usada para enganar o Rei no conto.
Técnica simples eficiente e antiga.

link do conto "A nova roupa do Rei" : http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Roupa_Nova_do_Rei



OS EVANGÉLICOS:

Hoje os mais ferrenhos defensores da Bíblia como "Sagrada" e "Palavra de Deus" são os Evangélicos, pois os católicos a defendem mas ja reconhecendo algumas falhas.

O que os evangélicos ignoram é que eles leem um livro EDITADO pelos CATOLICOS nos Concilios, ou seja os evangelicos leem uma Bíblia Católica, pois é a unica existente, pois a Bíblia que chegou em nossas mãos foi o compilado de livros escolhidos nos Conclios Católicos e os outros livro chamados de APÓCRIFOS descartados.

Ja ouvi pastor na televisão, para justificar que não existem erros de tradução e etc, dizer que " A Biblia original esta em Israel...e bla bla bla" ...RIDICULO , ele diz isso para CONFUNDIR as mentes fracas pois NÃO EXISTE Bíblia Original do Vellho e Novo TESTAMENTO o que existe é somente o VELHO TESTAMENTO ou seja A TORÁ Judaica , pois o Novo Testamento somente os livros que os Romanos nos permitiram ler.

Ou seja sem Constantino, sem o Padre Lutero, não existiriam evangélicos e a Bíblia lida pelos mesmos, a única que existe como Bíblia é apenas o livro que os Católicos quiseram. E por isso não entendo como eles podem defender tanto a Bíblia sabendo que ela vem dos católicos que eles tanto criticam, eles parecem confiar muito nos romanos(apesar de saberem que a Bíblia ficou exclusivamente em poder dos Cérigos Católicos, em Latim, por 1300 anos)

Os evangélicos ainda tem seus "apócrifos" eles tiraram da Bíblia católica alguns livros(pra quem pensa que NÃO se pode editar a Bíblia taí mais uma prova) mas algo que NUNCA farão é acrescentar livros pois quem disse quais são validos e quais continuariam existindo foram os Católicos/Romanos e assim é até hoje.

Outra coisa bem curiosas com os evangelicos é que eles dizem seguir a Bíblia a risca mas o que se ve não é bem isso, eles tem suas doutrinas próprias ensinadas por Homens e muitas vezes usam a Bíblia contra a própria Bíblia, exemplo:

As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.

1 Coríntios 14:34-35

Ora se mulheres nem sequer podem Falar nas igrejas como existem Pastoras?, bom isso ocorre por que eles ignoram o que ATRAPALHA seus interesses e procuram por toda a Bíblia pequenas trechos e frases que justifiquem NÃO seguir algo ensinado em outro trecho que prejudique sua doutrina, isso se chama CONTRADIÇÃO.

Afinal como justificar o machismo da Bíblia nos tempos de hoje tendo ela a alcunha de "Palavra de Deus"? sera que Deus não gosta de mulheres? ele as acha inferiores? bem , na Bíblia parece que sim, mas se entendêssemos o Livro como sendo escrito por homens primitivos e que sua cultura era machista, estaria tudo explicado.... mas ai.... a Bíblia , no pensamento de muitos lideres, perderia a sua autoridade.


Sem contar que pelas leis da Bíblia, em Leviticos, NÃO se pode comer Frutos do Mar (camarão e etc) e ainda assim ninguem toca nesse assunto,é melhor fingir que não viu ou buscar por toda a Bíblia algo que justifique desobedecer essa "Lei" ... imagina ter que abrir mão de comer uma Lagosta. Mas o certo não seria: "Se esta na Bíblia , então é Lei", mas parece que Não seguem tão "A RISCA" como dizem.

Agora se os crentes conseguem ANULAR uma Lei Bíblica com a própria Bíblia é sinal OBVIO que ela contém CONTRADIÇÕES  e muito famosas, ja que os argumentos para comer camarão, ter mulheres pastoras também são tirados da Bíblia,  isso PROVA que o Livro NÃO é perfeito e portanto Não poderia ser a "palavra de Deus" já que Deus é perfeito.
Como a Bíblia pode ser a "Palavra de Deus" se ela mesmo não se entende e não tem Leis definidas claramente?
Pensem.....


FUNDAMENTALISTAS:

O caso de Marcos Feliciano é um exemplo entre muitos, ele disse que Deus matou John Lennon e os Mamonas Assassinas. Que absurdo!
Aqui o video:

E ainda tem gente que diz que ele esta certo! ...isso deveria ser crime!
Liberdade de culto? é isso? ai podem falar qualquer absurdo e incitar a violencia? por que alguem de mente fraca pode se achar "instrumento de Deus" e matar os infiéis e blasfemadores(como ja aconteceu várias vezes pelo mundo).
Liberdade de Culto?....Então vejamos o seguinte:
Todos sabemos que os Judeus NÃO aceitam Jesus como Messias e filho de Deus certo? e se aparece um video na internet de um "culto" Judeu em que o "Pregador" Diz:

- É esse tal Jesus disse que era Filho de Deus...que mentiroso...mas teve o que merecia...blasfemou contra Deus, mentiu para o povo, mas Deus foi implacavél, o CRUCIFICOU , EU queria estar lá e dizer: - "Esse prego é em nome de Deus!, esse outro em nome de Moises! e esse em nome de Davi!...é isso que acontece com quem brinca com Deus, ninguem blasfema se dizendo o único e verdadeiro Filho de Deus e fica impune!"

Diante de uma coisa assim como os Cristãos se sentiriam? isso deve mesmo ser tolerando? quando é com os outros é facil falar!.... e quando é com você?!
Mas toda a pregação de Pastores como Feliciano se diz baseada onde? isso mesmo eles dizem: "esta na Bíblia" e se vc pode tirar pregações como essa da Bíblia será que esse livro é realmente a Palavra de Deus????

Deus Não mata seus filhos por ódio ou vingança, Deus é maior que isso, maior que esses sentimentos baixos e humanos.
Pecado muito maior do que fizeram ou falaram por exemplo Mamonas ou John Lennon , cometem os que se dizem ser Jesus Cristo encarnado, existem DEZENAS de homens pelo mundo que afirmam ser Jesus e vivem com muita riqueza explorando e subvertendo ensinamentos Bíblicos, e Deus os mata??? NÃO , eles continuam vivendo , isso PROVA que Deus não mata por blasfemias ou pecados. Quer pecado maior que se dizer Jesus Cristo???

Deus é amor e ponto.


DOUTRINA BÍBLICA OU DOS HOMENS:

Querem uma PROVA que os CRISTÃOS NÃO conhecem e Bíblia e NÃO seguem sua doutrina, apenas seguem a Doutrina dos HOMENS e o que INTERESSA aos HOMENS?!

A história do Êxodo 4:24-26 em "Deus/Jeová" quis MATAR Moisés por não ter circuncidado seu filho, isso é motivo pra MATAR o escolhido???? e se isso é tão importante para Deus, porque os Cristãos NÃO fazem isso? bem eles explicam que Paulo aboliu .....me diz uma coisa QUEM É PAULO COMPARADO COM DEUS??????

Se Deus queria MATAR por esse motivo, sinal que era importante, mas não se segue essa Lei por Não interessar aos homens, mais uma vez a Bíblia se contradiz e coloca uma BRIGA entre O QUE DEUS FALOU e O QUE PAULO Falou.... e ae?

É a técnica usada para manipular a séculos, se o Antigo Testamento diz algo que não interessa eles pegam algo no Novo Test. para justificar não seguir aquilo e da mesma forma ao contrario, se no Novo test. tem algo que não interessa aos Líderes Religiosos eles pegam no Antigo test. uma Justificativa, ou seja usam as contradições para manipular. É Bíblia X Bíblia.
Facil entender como agem. Somente seus interesses importam e não a vontade divina.

Você consegue saber porque Paulo tem mais importancia que Deus?????

Quando você ORA pede BENÇÃOS a PAULO ou a DEUS????

Se é pra ignorar o Deus do Antigo Testamento por que continuar lendo???

Será que PAULO sabia que Jeová NÃO era Deus e suas Leis não eram Divinas???mas independente disso se você Cristão acredita em Jeová como ignora-lo e ouvir Paulo, um homem comum?

Experimentem perguntar isso a seu Pastor ou Padre: por que o que PAULO disse é mais importante que o que DEUS disse?

Será que os "Cristãos" seguem mesmo o que a Bíblia diz?
ou seguem a Doutrina MANIPULADA a séculos pelos HOMENS?????


O DIZIMO :
Apesar de chamarem-se "Cristãos" , a impressão é que não se preocupam com o que Jesus ensinou e acham que o que esta na Bíblia é mais importante que os ensinamentos de Jesus, chegando ao ponto de contradizer o que Jesus falou com outro trecho da Biblia. Essas pessoas deveriam não ser chamadas de Cristãos, mas de Bibliãos, pois idolatram erradamente a Biblia. Na própria Bíblia esta que idolatras vão para o inferno.

Em toda Biblia não vemos UMA vez sequer Jesus ensinando seus discipulos ou ouvintes a dar Dizimos. Se ele veio a terra para ensinar tudo e NÃO ensinou isso é por que não era para ensinar, afinal ele é Deus.
Além de que Jesus não construiu templos, não comprou carruagens de ouro, nem roupas caras e nem ostentou qualquer tipo de riqueza. Jesus disse em Lucas 18:22 :

"...Venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro nos céus. Depois venha e siga-me"  bom aqui estava uma grande oportunidade de ensinar sobre o dizimo, por ele não disse : "vá vende tudo dê ao templo (ou dê a mim) ou( dê para Deus) e me segue" ? ele não disse porque o certo é dar aos pobres, ajudar quem precisa, tirar o sofrimento dos necessitados isso é ser Cristão.
Depois completou :"De fato, é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus". Lucas 18:25.
Ora se ele disse isso porque ele teria planos para nos deixar ricos? para NÃO irmos para o céu? e ainda, pra que ensinaria a ser  "o cara"(rico e poderoso) na terra se ele disse: " Meu reino não é desse mundo", se o Reino dele é em outro lugar é lá que ele quer que você seja feliz e não na terra onde não é seu reino.



"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.
Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.
O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre."

1 João 2:15-17
Tem algo MAIS claro que essa passagem de João para AFIRMAR definitivamente que Deus NÃO veio ensinar a sermos RICOS?  que isso NÃO faz parte de Deus? SER RICO É AMAR O MUNDO e isso Deus não quer. "Ostentar Bens- NÃO PROVEM DO PAI" isso ESTA NA BÍBLIA e o que mais vemos são CRENTES OSTENTANDO BENS...sinal que eles não sabem nada de Deus.

Mas Claro que vão justificar tudo CONTRADIZENDO essa passagem de João com outros trechos da Bíblia o que só PROVA que ela é CHEIA de CONTRADIÇÕES pois como você pode ANULAR o que Jesus falou em um trecho com outro trecho bíblico falado por outros que não Jesus? isso significa que o que JESUS falou NÃO é o mais importante e sim o Livro da Bíblia é MAIS importante que JESUS. Sera mesmo que podem se chamar de Cristãos?

Vamos ver o que Jesus queria de seus Apóstolos :

Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;
E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.
E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis.

Mateus 10:5-11

Ele foi claro quando disse : "...de graça recebestes, de graça dai.Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,..." ....é amigos isso não se parece em nada com o que vemos hoje dos que se dizem "representantes oficiais de Deus" alias é TOTALMENTE ao contrario.

O que vemos são Líderes fazendo diferente e isso é ser Cristão? ostentar, construir templos? mas se Jesus não fez isso porque fazer?, por outro lado quem fazia isso na época de Jesus? sim os Fariseus, os doutores da religião , eles tinham templo, ostentavam riqueza e etc....então a quem as religiões ditas Cristãs estão imitando? . é preciso um pastor ter um avião de luxo? quantas pessoas poderiam ser tiradas da miséria somente com o dinheiros dos aviões?
O dizimo pode ser Bíblico(Antigo testamento / Judaico) mas como Não foi ensinado por Jesus, Não é Cristão. Por isso digo e repito que dão mais valor a Bíblia(como um Deus) do que a Jesus.

Além disso existe erro na interpretação do que é o dízimo:

Aqui vai o trecho do Deuteronômio, onde se estabelece de fato o que é o Dízimo:
"Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo. E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus por todos os dias. Mas se o caminho te for tão comprido que não possas levar os dízimos, por estar longe de ti o lugar que Senhor teu Deus escolher para ali por o seu nome, quando o Senhor teu Deus te tiver abençoado; então vende-os, ata o dinheiro na tua mão e vai ao lugar que o Senhor teu Deus escolher. E aquele dinheiro darás por tudo o que desejares, por bois, por ovelhas, por vinho, por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; comerás ali perante o Senhor teu Deus, e te regozijarás, tu e a tua casa. Mas não desampararás o levita que está dentro das tuas portas, pois não tem parte nem herança contigo. Ao fim de cada terceiro ano levarás todos os dízimos da tua colheita do mesmo ano, e os depositarás dentro das tuas portas. Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), o peregrino, o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda obra que as tuas mãos fizerem."
(Deu 14:22-29)
Ora vejam vocês! O Dízimo é uma festança em homenagem a Deus!! Não tem anda a ver com dar dinheiro pra Igreja, nem 10% de tudo o que você ganha! A separação entre dinheiro e comida está bem clara no texto bíblico! É sim um banquete, uma celebração de alegria (e "temor" a Deus... o Velho Testamento adora isso, fazer o que) e que ainda contém uma lição de moral: reparte um pouco do que tu tens com quem não tem parte contigo. Aliás, me pergunto se a celebração da Santa Ceia por Jesus (onde se reparte o pão e o vinho) não é baseada nessa cerimônia do dízimo...
Não se como os Eangélicos, um povo que se orgulha de verdadeiramente estudar a Bíblia (e estudam mesmo!) caiam na interpretação desses Fariseus, a ponto de comprar CONTRATOS COM DEUS (onde já se viu?!) em que os pastores dão autenticação (!!) no contrato com o símbolo da cruz!!



Felizmente nem toda Igreja Evangélica é dizimista, pois existem aquelas que se apegam à palavra de Paulo de Tarso, em Coríntios 2:
"Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra; conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre. Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça. enquanto em tudo enriqueceis para toda a liberalidade, a qual por nós reverte em ações de graças a Deus."
(2Co 9:6-11)
Referência: Outros vídeos "interessantes"


CONTRADIÇÕES: 

As contradições aparecem já no início, quando relatos sobre a criação do mundo são apresentados. Por exemplo, Gênesis, capítulo 1, diz que o primeiro homem e a primeira mulher foram feitos ao mesmo tempo, depois dos animais ("Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou, homem e mulher ele os criou" G 1,27). No entanto, Gênesis, capítulo 2, diz que a ordem da criação foi a seguinte: homem, depois os animais e depois a mulher ("Então Deus modelou o homem com a argila do solo, insuflou em suas narinas um hálito de vida e o homem se tornou um ser vivente"G2,7 - "Deus modelou do solo todas as feras selvagens e todas as aves do céu e as levou ao homem para ver como ele as chamaria" G2,19 - "Depois da costela que tirara do homem, Deus modelou uma mulher e a trouxe ao homem" G2,22).
Em Gênesis 1, as árvores frutíferas foram criadas antes do homem, mas no capítulo 2 há a indicação de que as árvores frutíferas foram criadas depois do homem. Em G 1:20 se diz que as aves foram criadas das águas mas em G:19 se diz que as aves foram criadas do solo. Também em G 1:2-3 afirma-se que Deus criou a luz e a separou da escuridão no primeiro dia, mas G1:14-19 diz que o sol, a lua e as estrelas só foram feitos no quarto dia.
Contradições também abundam nos relatos bíblicos de um dilúvio universal. G 6:19-22 diz que Deus ordenou a Noé para trazer para a arca dois seres de cada espécie. No entanto, em G 7:2-3 há que "de todos os animais puros e das aves dos céus, tomarás sete pares, o macho e sua fêmea; dos animais que não são puros, tomarás um casal, o macho e sua fêmea". G 7:17 diz que a inundação durou quarenta dias, mas G 8:3 diz que durou cento e cinqüenta dias. G8:4 afirma que, conforme as águas desceram, a arca de Noé repousou sobre as montanhas de Ararat no sétimo dia mas no próximo versículo se afirma que o topo das montanhas não podia ser visto até o décimo mês. G 8:13 afirma que a terra estava seca no primeiro dia do primeiro mês, mas em G 8:14 se diz que a terra não estava seca até o 27º dia do segundo mês.
O Antigo Testamento também apresenta significativas contradições na história do censo realizado pelo Rei David e a subsequente punição dos Israelitas por Deus. De acordo com a história, Deus estava tão enraivecido pelo censo que ele enviou uma praga que matou setenta mil homens. Samuel II 24:1 diz que Deus é que mandou David realizar o censo (Vai, disse Deus, e fazei o recenseamento de Israel e de Judá), mas nas Crônicas I 21:1 afirma-se que David foi influenciado por Satã para realizar o censo (Satã levantou-se contra Israel e induziu Davi a fazer o recenseamento de Israel).
Além disso, há uma contradição no que diz respeito à questão sobre o castigo de Deus às crianças pelos crimes cometidos por seus pais. Em Ezequiel 18:20, o Senhor diz: "Sim, a pessoa que peca é a que morre! O filho não sofre o castigo da iniquidade do pai, como o pai não sofre o castigo da iniquidade do filho". No entanto, em Êxodos 20-5, Deus diz: "Sou um Deus ciumento, que puno a iniquidade dos pais sobre os filhos até a terceira e a quarta geração dos que me odeiam". O Antigo Testamento é contraditório sobre o comando de Deus para que os Israelitas sacrificassem animais em seu louvor. Em Jeremias 7:22, Deus diz que não mandou os Israelitas fazerem qualquer sacrifício de animais. No entanto, em Êxodos 29:38-42 e em muitas outras passagens no Pentateuco, Deus é claro quanto ao pedido para que os Israelitas sacrifiquem animais.
Passando para o Novo Testamento, há contradições quanto à genealogia de Jesus da forma como é apresentada no primeiro capítulo de Mateus e a genealogia do terceiro capítulo de Lucas. Ambas genealogias apresentam o pai de Jesus como sendo José (o que é curioso, posto que Maria teria sido fecundada pelo Espírito Santo), mas Mateus afirma que o nome do pai de José era Jacó, enquanto que Lucas diz que seu nome era Heli. Também Mateus diz que houve vinte e seis gerações entre Jesus e o Rei David mas Lucas diz que o número foi de quarenta e uma gerações. Além disso, Mateus alega que Jesus era descendente de Salomão, filho de David, mas Lucas afirma que era de Natan, outro filho de David.
Na história do nascimento de Jesus, Mateus 2:13-15 diz que José e Maria partiram para o Egito imediatamente após a vinda dos magos do oriente com seus presentes. No entanto, Lucas 2:22-40 indica que, após o nascimento de Jesus, José e Maria permaneceram em Belém durante o tempo da purificação de Maria (que era de quarenta dias, de acordo com as leis da época) e que depois levaram Jesus para Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor e depois retornaram para sua casa em Nazaré. Lucas não menciona a jornada para o Egito ou a visita dos sábios do oriente.
Quanto à morte de Judas, Mateus 27:5 diz que Judas pegou o dinheiro que tinha obtido pela traição, atirou-o no templo, e depois foi se enforcar. No entanto, Atos 1:18 relata que Judas usou o dinheiro para comprar um terreno e que caindo de cabeça para baixo, arrebentou pelo meio, derramando-se todas as suas entranhas. Nas descrição de Jesus sendo levado para a execução, João 19:17 diz que Jesus carregou sua própria cruz. No entanto, Marcos 15:21-23 diz que um homem chamado Simão Cireneu, pai de Alexandre e de Rufo, carregou a cruz de Jesus até o local da crucificação.
Quanta à própria crucificação, Mateus 27:44 nos diz que Jesus foi insultado pelos ladrões que estavam sendo crucificados junto dele. No entanto, Lucas 23:39-43 diz que somente um dos ladrões insultou Jesus e que o outro ladrão defendeu Jesus a quem Jesus teria dito: "Hoje ainda estarás comigo no Paraíso". Quanto às últimas palavras de Jesus na cruz, Mateus 27:46 e Marcos 15:34 afirmam que Jesus gritou: "Deus, meu Deus, por que me abandonastes?". Lucas 23:46 diz que as últimas palavras de Jesus foram: "Pai, em suas mãos eu entrego meu espírito". Segundo João 19:30 as últimas palavras de Jesus, foram: "está terminado".
Há contradições inclusive nos relatos da ressurreição - o evento que é a base da religião cristã. Marcos 16:2 diz que no dia da ressurreição certas mulheres chegaram ao túmulo ao nascer do sol, mas João 20:1 diz que quando chegaram já era noite. Lucas 24:2 nos diz que o túmulo estava aberto quando as mulheres chegaram, mas Mateus 28:1-2 diz que ele estava fechado. Marcos 16:5 diz que as mulheres viram um jovem rapaz no túmulo, Lucas 24:4 diz que viram dois homens, Mateus 28:2 alega que elas viram um anjo, e João 20:11-12 afirma que elas viram dois anjos.

Tudo isso seria compreensivel se não rotulassem a Biblia como "Palavra de Deus", sabendo que foram homens que escreveram é logico que existem erros , mas se foi "Deus" quem fez ,como podem existir?

VIOLÊNCIA E CRUELDADES : 
Um dos princípios do nosso sistema legal - e a base legal de todas as sociedades civilizadas - é a noção de que o sofrimento do inocente é a própria essência da injustiça. No entanto, na Bíblia, vemos que Deus repetidamente viola este fundamento de princípio moral causando sofrimento a numerosas pessoas e animais inocentes.
Passagens de crueldade e injustiça praticados pelo Deus da Bíblia são vistos mesmo nos princípios básicos dos ensinamentos cristãos. Alguns atos bem conhecidos do Deus bíblico são de fato imorais por causarem o sofrimento de inocentes, tais como: ter amaldiçoado toda a humanidade e a criação devido ao ato de duas pessoas, Adão e Eva (Gênesis 3:16-23 e Romanos 5:18); Ter afogado mulheres grávidas, crianças inocentes e animais na ocasião do Dilúvio (Pereceu toda carne que se move sobre a terra - Gênesis 7:20-23); Ter atormentado os Egípcios e seus animais com pragas e doenças por ter o Faraó se recusado a deixar os Israelitas deixar o Egito (Êxodos 9:8-11,25); Ter matado crianças egípcias na época da Páscoa (No meio da noite Deus feriu todos os primogênitos na terra do Egito... e houve grande clamor no Egito por não haver casa onde não houvesse um morto); Depois do Êxodos ter ordenado aos Israelitas aniquilar sem piedade os homens, mulheres e crianças de sete nações e roubar suas terras, demolir seus altares, despedaçar seus postes sagrados e queimar seus ídolos (Deuteronomio 7:1-2); ter matado o filho do Rei David por causa do adultério de David com Betsabéia (Samuel II 12:13-18); ter solicitado a tortura e o assassinato de seu próprio filho (Romanos 3:24-25) e ter prometido enviar para o sofrimento eterno todas as pessoas que não aceitassem o Cristianismo (Revelações 21:8).
Além das injustiças e crueldades contidas em muitos dos principais ensinamentos do Cristianismo, a Bíblia apresenta numerosos outras passagens de violência que estão em completa oposição aos padrões de toda a sociedade civilizada. Dentre os mais chocantes e violentos episódios estão aqueles nos quais Deus é descrito como tendo ordenado ou sancionado a decapitação de várias pessoas, incluindo-se crianças e idosos. Alguns exemplos: Em Samuel I 15:3, o profeta Samuel dá ao Rei Saul está ordem vinda do Senhor: "Vai pois agora e investe contra Amalec condena-o ao anátema com tudo o que lhe pertence, não tenhas piedade dele, mata homens, mulheres, crianças e recém-nascidos, bois e ovelhas, camelos e jumentos." Ezequiel 9:4-7 apresenta a seguinte mensagem vinda de Deus: "Percorre a cidade, a saber Jerusalém e assinala com uma cruz a testa dos homens que estão gemendo e chorando por causa de todas as abominações que se fazem em nome dela". Ouvi que dizia aos outros: "Percorrei a cidade atrás dele e feri. Não mostreis olhar de compaixão nem poupeis ninguém. Velhos, moços, virgens, crianças e mulheres, matai-os, entregai-os ao exterminador. Mas não toqueis nenhum daqueles que trouxer o sinal da cruz".
Oséias 14 apresenta a seguinte punição: "Samaria deverá expiar, porque se revoltou contra o seu Deus. Cairão pela espada, seus filhos serão esmagados, às suas mulheres grávidas serão abertos os ventres." Deuteronomio 32:23-25 relata que depois que os Israelitas provocaram o ciúme de Deus ao adorarem outros deuses, o Senhor disse: "...vou lançar males sobre eles, e contra eles esgotar as minhas flechas! Vão ficar enfraquecidos pela fome, corroídos por febres e pestes violentas; porei o dente das feras contra eles, com veneno de serpentes do deserto... perecerão todos: o jovem e a donzela, a criança de peito e o velho encanecido."
Em Números capítulo 31, o Senhor indica sua aprovação para a ordem dada por Moisés, nos versículos 17 e 18, no que diz respeito a maneira pela qual os soldados israelitas deveriam tratar mulheres e crianças capturadas na guerra: "Matai portanto todas as crianças do sexo masculino. Matai também todas as mulheres que conheceram varão, coabitando com ele. Não conserveis com vida senão as meninas que não coabitaram com homem e elas serão vossas."
Isaías 13:9,15-18 contem esta mensagem do Senhor: "Eis o dia do Senhor que vem implacável e com ele o furor ardente da ira... Todo aquele que for encontrado será trespassado... As tuas crianças serão despedaçadas sob os seus olhos, as suas casas serão saqueadas e as suas mulheres violentadas... Os arcos prostrarão os meninos; eles não terão pena das criancinhas, os seus olhos não pouparão os filhinhos". Está claro que tais versículos apresentam o Deus bíblico como tendo os mesmos escrúpulos morais de um assassino de massas sociopata...
O Deus da Bíblia também apresenta outras tendências sádicas com diversos outros métodos para atormentar o inocente. Ele abre a terra para soterrar famílias inteiras (Números 16:27-32); lança o fogo para a destruição das pessoas (Leviticos 10:1-2; Números 11:1-2); manda animais selvagens tais como ursos (Reis II 2:23-24), leões (Reis II 17:24-25), e serpentes (Números 21:6) sobre as pessoas; autoriza a escravidão (Leviticus 25:44-46); ordena a perseguição religiosa (Deuteronomio 13:12-16); causa o canibalismo ( Eu farei que eles devorem a carne de seus filhos e a carne de suas filhas - Jeremias 19:9); e exige o sacrifício de animais como meio de expiação dos pecados de seus proprietários (Exodus 29-36).
Além de causar o sofrimento de inocentes, outro tipo de crueldade que a o Deus bíblico pratica é o de infligir castigos totalmente desproporcionais aos atos pelos quais tais castigos são aplicados. Em nosso sistema de direito atual, extrema desproporção dentre castigo e ato cometido é considerada uma violação dos direitos humanos. Alguns atos triviais são punidos com a pena de morte:
No velho Testamento, o Senhor prescreve a execução como punição para o "crime" de se trabalhar nos sábados (Exodus 31:15); por praguejar contra os pais (Levíticos 20:9); por adorar outros deuses (Deuterenômio 17:2-5); por ser um bruxo, médium ou mago (Exodus 22:18, Levíticos 20:27); por envolver-se em atos homossexuais (Levíticos 13:6-10) e não ser virgem no dia do casamento (Deuteronomio 22: 20-21). Certamente, pedir a pena de morte para tais atos é rejeitar a noção de que a severidade de um castigo deve manter alguma proporção com a ofensa praticada.
Mais uma vez o VELHO TESTAMENTO , toda essa crueldade vem do "Deus" do Velho testamento que CLARAMENTE NÃO É o mesmo que o Pai de Jesus Cristo.
No Novo Testamento, o Deus bíblico em nada melhorou no que diz respeito à aplicação de penas severas, aumentando inclusive a sua rigidez. É difícil imaginar alguma coisa mais cruel e desproporcional do que condenar os homens ao inferno e à tortura eterna pela simples descrença de que o filho de Deus tenha nascido de uma virgem na Palestina há cerca de dois mil anos atrás, que tenha transformado água em vinho, expulsado demônios das pessoas, andado sobre as águas, que tenha sido morto pela instigação do próprio povo escolhido de Deus e que depois ressuscitasse dos mortos.
A recusa em acreditar nessa história faz com que o Deus bíblico prometa castigar os infiéis com os castigos mais horríveis que possam ser imaginados.
Um dos grandes problemas com a violência e a injustiça da Bíblia é que freqüentemente o seu exemplo tem estimulado e tem sido usado para justificar atos de crueldade de seus seguidores. Muitos tem imaginado que se Deus que é justo e bom, tenha cometido e permitido os mais brutais atos de violência, os bons cristãos nada tem a temer caso ajam da mesma forma. Este processo de raciocínio é que fez com que Thomas Paine dissesse que "A crença em um deus cruel faz um homem cruel". Um exemplo desse tipo de raciocínio é apresentado pelo historiador Joseph McCabe em seu trabalho intitulado "A História da Tortura". McCabe diz que durante a Idade Média houve mais crueldade e tortura na Europa Cristã do que em qualquer outra civilização na história. Ele demonstra que a doutrina cristã de castigo eterno foi uma das principais causas da extraordinária ocorrência de tortura na Europa medieval. McCabe descreve que a justificativa lógica para a tortura era a de que "se era natural acreditar que Deus punia os homens com o tormento eterno, certamente estaria certo se os homens punissem outros homens com doses menores desse tormento por uma causa justa."
Alguns exemplos históricos de violência e atos de injustiça incitados ou apoiados pela Bíblia seriam a Inquisição, as Cruzadas, a queima de "bruxas", as guerras religiosas na Europa, as perseguições aos Judeus, a perseguição aos homossexuais, a conversão forçada de pessoas na Europa e nas Américas, a escravidão de negros, índios e orientais, o castigo em crianças, o tratamento brutal aos mentalmente perturbados, o extermínio de cientistas e pesquisadores, o uso da tortura nos interrogatórios criminais, o chicoteamento, a mutilação e a execução violenta de pessoas condenadas por algum crime. Tais atos foram parte integrante de um mundo cristão por centenas de anos. De acordo com Thomas Paine, "a Bíblia é uma história de perversidade que tem servido para corromper e brutalizar a humanidade; e, no que me diz respeito, eu sinceramente a detesto assim como detesto tudo que seja cruel".

Nada disso seria polêmico se todos entendessem que a Bíblia foi escrita por homens imperfeitos, violentos e que Deus, assim como faz até hoje, não fica se metendo em tudo que o homem faz. Deus NÃO escreveu livro nenhum e ponto.

Com relação as PENAS ETERNAS aqui esta um matéria que fala sobre o assunto:
http://querosaberaverdadesim.blogspot.com.br/2011/06/deus-condenaria-voce-eternidade-no.html


SATANÁS:

Deus, onisciente, quando criou Satanás já sabia o que ia acontecer, poderia ter evitado antes, pois sem o diabo tentar Eva nenhum mal cairia sobre a humanidade, se ele permitiu, significa que Deus queria que isso acontecesse , isso é justo? parece coisa que um  Pai amoroso faria com seus filhos?
Nem vou entrar na polêmica do Livre arbítrio dos anjos, que muitos acham que nunca tiveram e outros que tinham. Tem ainda a teoria que anjos são perfeitos e se são perfeitos como poderiam errar? como Lucifer erraria? mas não vou entrar nesse mérito , fico apenas com o Deus onisciente que poderia , com esse poder, NÃO fazer o que traria problemas eternos.
Com essa teoria Bíblica podemos dizer que Deus é o responsável por todo mal que existe no mundo pois se ele não tivesse criado Lucifer nada disso aconteceria, e sendo onisciente ele poderia sim saber antes e evitar cria-lo para nos poupar de tantas dores.
Por essas e outras que a Bíblia não é a palavra de Deus, mas dos homens tentando entender Deus, homens na sua ignorancia primitiva dos tempos antigos , ai criaram a teoria de Adão e Eva, Lucifer e  etc. 
Muito mais justo com Deus pensar assim do que achar que ele é injusto e sádico.  



NOSSOS ERROS:

Se sabemos que Deus não muda, que é eterno e perfeito desde sempre, logo dai ja percebemos que na Bíblia tem muita coisa errada.
Como acreditar em Adão e Eva sem admitir que Deus erra? que ele não é onisciente? que aprende lições? impossível.
Deus é eterno, ele sempre existiu, antes da criação do universo ele ja existia e ja era PERFEITO, ele era, é e sempre será o mesmo sem nada a aprender, mas na Biblia não diz isso sempre, ela se contradiz. Lá esta , também, um Deus que se arrepende do que fez...ora como isso é possível para Deus? ele jamais pode se arrepender pois é onisciente, conhece o futuro, saberia quando fez algo onde isso chegaria, portanto não pode errar pois antes de fazer ja saberia o resultado. Mas a Biblia parece ignorar isso, exatamente por ter sido escrita por homens primitivos que pensavam ser Deus como eles: imperfeito.

O caso de NOÉ , como alguem pode acreditar que toda a humanidade descende de Noé?!!! e os animais que só existiam no continente americano? Noé veio até aqui para buscar cada espécie? e as que só existem na China, Austrália? ele foi em todos os continentes buscando todas elas? Não!!!!!! isso nem esta na Bíblia. As raças, como todas vem de Noé? em poucos anos(pois na Bíblia a terra tem 6000anos) sofreram "mutações" e se tornaram Asiáticos, Africanos e etc.?????....... então como podem pessoas inteligentes acreditarem nisso?????....é talvez elas não sejam inteligentes....Já ouvi pessoas dizerem que Dinossauros nunca existiram e que isso é uma mentira para desacreditar a Bíblia, com isso se vê a que ponto chega a alienação de certas pessoas.

O mais absurdo disso tudo é até hoje pessoas acreditarem sem se questionar, como Deus pode ter se arrependido e mandado o diluvio se quando criou o homem sabia o que aconteceria? ele é sádico e deixou tudo fluir até o ponto que,  ja sabendo antes, mandaria o diluvio matando crianças, animais e pessoas pelo mundo todo?.
Com relação a Adão e Eva , como poderia ter deixado a humanidade ser formada por INCESTOS??.... e a desculpa que ouço dos crentes é que Deus criou a LEI sobre Incesto DEPOIS ...O que???? depois??? Deus NÃO criou suas LEIS para o homem , as Leis de Deus, a MORAL de Deus existem antes dele criar o universo, são Leis eternas assim como ele é eterno , portanto o que era errado para Deus é errado desde sempre, ou seja o incesto é errado desde antes de Deus criar o mundo e ele não iria transgredir suas Leis nunca.
Não seria mais sábio de nossa parte e mais respeitoso com Deus dizer foi um erro dos antigos(Adão e Eva, mundo em 7 dias e etc) e que ele criou a Lei da evolução e tudo se formou a partir dessa Lei, criada por Deus?! Não tiraria o mérito da criação, pelo contrario faria todo o sentido com a perfeição de Deus em deixar tudo fluir pelas Leis previamente criadas.
Imaginem o seguinte , que Deus criou o universo e depois é que resolveu criar as leis que regeriam esse universo, a GRAVIDADE por exemplo, se ele deixa pra criar depois imaginem o caos que seria!!!!! então é obvio que ANTES de criar TUDO ele criou TODAS AS LEIS , as Naturais e Morais, que regeriam o universo.
Deus não muda, não muda Leis, não aprende com erros, afirmar o contrario disso seria admitir que ele NÃO é Deus.
Assim a Bíblia em vários trechos desmerece Deus, afirmando que ele erra , que se arrepende e isso não é verdade, era apenas a ignorância do homem na tentativa de entender Deus, por isso a Bíblia NÃO é a Palavra de Deus e sim a Palavra do homem sobre o que ele pensava de Deus




CONCLUSÃO:

Diante de tudo isso, como Cristão, minha fé em Deus e Jesus não se abala em nada, mas apenas por eu compreender "tudo isso", pois se eu levasse em consideração que a Bíblia é infalível, perfeita e a Palavra de Deus, ai sim minha fé talvez acabasse.

Autor: Marcos C. 


Link da matéria com os comentários Link abaixo
http://querosaberaverdadesim.blogspot.com.br/2013/04/por-que-biblia-nao-e-palavra-de-deus.html


6 comentários:

Igor Monte Alto disse...

Muito interessante essa análise, considerando todas as questões apresentadas. É algo que eu sempre meditei sobre, porque a Bíblia nunca fez sentido para mim. Entender que ela é um livro escrito por homens primitivos, cuja a ignorância em compreender Deus resultou em uma série de barbáries e leis absurdas. Sua colocação faz muito mais sentido do que dizer que a Bíblia é a palavra de Deus e que a mesma nunca ou jamais será alterada.

Anônimo disse...

Ótimo artigo, sou filho de assembleianos e tenho refletido bastante a respeito da Bíblia.Me identifiquei com suas afirmaçoes e até agr foram as q mais fizeram sentido pra mim.

PSRP disse...

Realmente excelente artigo! Concordo com Igor Monte Alto.

Luciana Ferreira disse...

Que coisa... eu sempre tive inúmeras dúvidas, e hoje, por um acaso, entrei aqui e estou até me sentindo mais leve...
Maravilhosa sua explicação, fácil entendimento e ainda com os links para quem quiser comprovar. Sensacional! Parabéns!!!

Nelio Inacio disse...

Sugiro que voces leiam " O Livro Perdido de Enki" , tem na internet em PDF para download ! La tem a verdadeira historia do Diluvio e Adao e Eva, escritos 4500 anos antes de Cristo ! Boa sorte a todos !

Unknown disse...

Perfeito, sempre ouvi coisas sobre a bíblia, mas nunca me i dentifiquei com ela, não acredito que Deus nos deu um falso livre abitrio, ja que se não seguissemos a Bíblia queimariamos
no fogo do inferno. Acredito em Deus que misericórdioso e amaroso, e minha fe permanece mesmo não aceitando a Bíblia como a verdade 0 absoluta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...