domingo, 10 de julho de 2011

Ciência prova a existencia de espíritos.

Sir. William Crookes quem era ele:

Sir William Crookes, OM , PRS (Londres, 17 de junho de 1832 — Londres, 4 de abril de 1919) foi um químico e físico inglês. Freqüentou o Royal College of Chemistry em Londres, trabalhando em espectroscopia.
Em 1861, descobriu um elemento que tinha uma linha de emissão verde brilhante no seu espectro, ao qual deu o nome de tálio, do grego thalos, um broto verde, que é o elemento químico de número atómico 81. Também identificou a primeira amostra conhecida de hélio, em 1895. Foi o inventor do radiômetro de Crookes, vendido ainda como uma novidade, e desenvolveu os tubos de Crookes, investigando os raios catódicos.
Em suas investigações sobre a condutividade da eletricidade em gases sob baixa pressão, descobriu que, à medida que se diminuía a pressão, o elétrodo negativo parece emitir raios (os chamados raios catódicos, que hoje se sabe tratarem-se de um feixe de elétrons livres, utilizado nos dispositivos de vídeo padrão CRT). Como esses exemplos mostram, Crookes foi um pioneiro na construção e no uso de tubos de vácuo para estudar fenômenos físicos. Foi, por conseguinte, um dos primeiros cientistas a investigar o que hoje é chamado de plasmas. Também criou um dos primeiros instrumentos para estudar a radioatividade nuclear, o assim-chamado espintariscópio.

Espiritualismo


 O espírito materializado de Katie King e Sir William Crookes

"Esses experimentos parecem estabelecer conclusivamente a existência de uma nova força, conectada com o organismo humano de alguma maneira desconhecida." (Researches Into the Phenomena of Modern Spiritualism, 1922).
Em 1870 Crookes decidiu que a ciência tinha a obrigação de estudar os fenômenos associados com o Espiritualismo (Crookes, 1870). A julgar por cartas de família, Crookes já tinha desenvolvido uma visão favorável ao Espiritualismo por volta de 1860 (Doyle, 1926: volume 1, 232-233). No entanto, ele estava determinado a conduzir sua investigação de forma imparcial e descreveu as condições que ele impunha aos médiuns da seguinte forma: "Deve ser na minha própria casa e com minha própria seleção de amigos e espectadores, sob minhas próprias condições e podendo eu fazer o que achar melhor quanto a dispositivos" (Doyle, 1926: volume 1, 177). Entre os médiuns que ele estudou estavam Kate Fox, Florence Cook, e Daniel Dunglas Home (Doyle, 1926: volume 1, 230-251). Os fenômenos que ele testemunhou incluíram movimento de corpos a distância, tiptologia, alteração de peso dos corpos, levitação, aparência de objetos luminosos, aparência de figuras fantasmagóricas, aparência de escrita sem intervenção humana e circunstâncias que "sugerem a atuação de uma inteligência externa" (Crookes, 1874).
Alguns dos fenômenos registrados, segundo Crookes:
"Em plena luz, vi uma nuvem luminosa pairar sobre um heliotrópio colocado em cima de uma mesa, ao nosso lado, quebrar-lhe um galho, e trazê-lo a uma senhora, e, em algumas ocasiões, percebi uma nuvem semelhante condensar-se sob nossos olhos, tomando uma forma de mão e transportar pequenos objectos". (Opus cit. p. 40)
"Pequena mão de muito bela forma elevou-se de uma mesa da sala de jantar e deu-me uma flor; apareceu e depois desapareceu três vezes, o que me convenceu de que essa aparição era tão real quanto a minha própria mão". (Opus cit. p. 41)
O relatório de Crookes sobre a sua pesquisa, em 1874, concluiu que esses fenômenos não podiam ser explicados como prestidigitação e que pesquisa adicional seria útil. Crookes não estava só nessa opinião. Companheiros cientistas que passaram a confirmar a veracidade da comunicação de espíritos incluiam Alfred Russel Wallace, Oliver Joseph Lodge, Lord Rayleigh, e William James (Doyle, 1926: volume 1, 62). No entanto, como a maioria dos cientistas tinha a opinião pré-concebida de que o Espiritualismo era fraudulento, o relatório final de Crookes ultrajou de tal modo o "establishement" científico de então que "falou-se de cancelar sua filiação à Royal Society (Sociedade Real)". Crookes tornou-se mais cauteloso a partir de então e não mais discutiu seu ponto de vista em público até 1898, quando sentiu que sua posição estava segura (Doyle, 1926: volume 1, 169-170). Foi nesse ano, em seu dicurso de posse na presidência da British Association for the Advacement of Science (Associação Britânica pelo Avanço da Ciência), que afirmou:
"Já se passaram trinta anos desde que publiquei um relatório dos experimentos tendentes a mostrar que fora de nosso conhecimento científico existe uma Força utilizada por inteligências que diferem da comum inteligência dos mortais ... Nada tenho a me retratar. Confirmo minhas declarações já publicadas. Na verdade, muito teria que acrescentar a isto". (Crookes, 1898).
E numa entrevista na The International Psychic Gazette, em 1917, ele repetiu:
"Nunca tive jamais qualquer ocasião para modificar minhas ideias a respeito. Estou perfeitamente satisfeito com o que eu disse nos primeiros dias. É absolutamente verdadeiro que uma conexão foi estabelecida entre este mundo e o outro". (Fodor, N. - Encyclopaedia of Psychic Science, U.S.A.: University Books, 1974, p.70).
Daquela data até à de sua morte, em 1919, cartas e entrevistas mostram que Crookes manteve suas considerações em relação à comunicação de espíritos.(Doyle, 1926: volume 1, 249-251).

Fonte: wikipédia / Mais pode pesquisar no GOOGLE o tema e vai encontrar inumeras matérias
link da materia na wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/William_crookes

OBS: Toda essa materia foi extraida da wikipédia, portanto nada tem relação com sites religiosos e afins , quem quiser pesquisar mais procure tambem por Katie King na propria wikipédia ou mesmo no google.

CONCLUSÃO:
Sera que mesmo com um renomado cientista e seus companheiros respeitados afirmando CATEGORICAMENTE que EXISTEM ESPIRITOS, os ceticos vão continuar dizendo que isso não existe??
Ate o site Ceticismoaberto.com  que apesar de ter feito uma materia desacreditando o fato, posteriormente confrontado não teve como NEGAR o acontecido e fez um ADENDO aqui o link : http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/1969/florence-cook-katie-king-a-garota-que-era-sua-propria-fantasma-adendo
Siceramente acho muito dificil ser cetico diante de tantas coisas inexplicaveis nesse mundo, para ser cetico você tem que ser muito mais crente e inflexivel na crença no nada do que o mais fervoroso religioso, fato.

Aqui no site tem mais uma materia sobre o assunto: http://querosaberaverdadesim.blogspot.com/2011/05/materializacao-de-espiritos-provada-por.html

109 comentários:

Kauescs disse...

Sempre acreditei em espíritos.

Onde se acha de tudo

To Hiena disse...

Boa materia, cada um com sua opinião, só sei que acredito e sei que não estamos preparados para certas revelações desse mundo, e melhor deixa pra Deus desidir a hora certa.

Anônimo disse...

é acho que os céticos não vão ter resposta pra isso e terão que fingir que nunca leram isso kkkk

Pedro disse...

Aff... para que a experiência então realizada fosse conclusiva teria que ser repetida da mesma maneira e com a obtenção do mesmo resultado... é parte do método científico... mas só se realizou essa experiência uma única vez, com o controle de apenas um cientista e sabe se lá em que condições, com que registros e objetivos, e depois nunca mais se cogitou repetí-la?
Ser cético não exige crença... exige bom senso. E o bom senso diz que essa experiência não prova nada. Caso um dia realizem alguma que seja a prova de contestação, vou ter que tomá-la como verdade. Ser cético não é duvidar de tudo, é aceitar o que é real. E isso está muito mais para manipulação da ciência em prol de ratificar uma opinião pessoal do que para averiguação da realidade. Infelizmente membros da Royal Society também sofrem da necessidade de confirmar seu próprio pensar.

Anônimo disse...

aff..Pedro os ceticos sempre dao um jeito de continuar negando...a experiencia nao foi feita uma unica vez...no post esta claro.. foi feita durante anos, começou em 1870 e concluida em 1874 e com varios mediuns diferentes..realmente ta tudo wikipedia é só conferir(eu conferi la)..agora se vcs não acreditam em cientistas do gabarito dos que fizeram essas experiencias entao não sei o que vcs estão esperando.

Anônimo disse...

Besteira. só falta agora aguem fala que a ciência provo a existência de Deus e unicônios

Blanka disse...

É CONTRA FATOS NÃO HA ARGUMENTOS YOU WIN!!, PERFECT!!

professor disse...

anonimo que disse: "Besteira. só falta agora aguem fala que a ciência provo a existência de Deus e unicônios "
Na verdade acho que só falta alguem provar pra vc a existência do portugues rsrsrsrs

Victor Hugo disse...

kkkk
olha o nível... nem compensa argumentar...

"Esses experimentos parecem estabelecer conclusivamente a existência de uma nova força, conectada com o organismo humano de alguma maneira desconhecida." (Researches Into the Phenomena of Modern Spiritualism, 1922).

"De alguma maneira desconhecida"... daí vai a interpretação de cada um sobre o desconhecido. Isso NÃO é ciência. O objeto 'espírito' é impossível de ser testado cientificamente pois as variáveis que necessitariam ser controladas simplesmente estão fora do alcance das pessoas. Portanto, não sendo capaz de se provar nada com relação a isso, continua sendo fruto da crença de cada um e da interpretação que cada um faz daquilo que conhece e vivencia.

Fato é que cada um acredita naquilo que convém. Se espíritos existem ou não, eu nunca tive contato com nada do tipo. Então pra mim eles não existem.

Victor Hugo disse...

e só pra constar, wikipédia não prova nada...

Dawkins disse...

O anônimo está certo, ninguém nunca vai conseguir provar a existência dos "UNICÔNIOS"

Anônimo disse...

Tenho que concordar com o Pedro.

Então pegunto. Feito com varios mediuns? Mas com quantos cientistas? É o mesmo que provar que deus existe com um monte de pastores e padres. Acredito, que a experiencia não foi tão imparcial assim.

E com a tecnologia e sabedoria atual, por que não se prova? Porque na verdade, até agora foi provado o contrario

E outra, Wikipédia? Com uma única Bibliografia sobre o assunto? Onde nada mais é do que uma resenha traduzida do proprio documento que compõe a bibliografia..

Olha é preciso de mais informação para acreditar em uma máteria como essa, ou um livro, ou um registro ou documento.

Informação sem formação não presta.. Fica a dica.

Alias, sou bem imparcial quanto a isso.. Por enquanto não acredito nem desacredito em espiritos. Para mim é necessário mais provas para que EU possa acreditar em um dos lados.

Anônimo disse...

Desculpa quem acredita nisso, mas eu acho que considerar a possibilidade disso ser real chega a ser inocência. Pra começar vocês tão dando credibilidade para um artigo da Wikipedia. Como todos sabem a Wikipedia é um site onde qualquer pessoa escrever o que quiser, podendo ser totalmente parcial e não necessitando provar que retirou as informações de outra fonte confiável.
Segundo: se esses cientistas realmente disseram essas coisas? O artigo não demonstra nenhum metodo cientifico ou os procedimentos exatos utilizados. Os cientistas, se é que viram algo, presenciaram fatos estando totalmente sugestionados (dizer que foi feito de modo imparcial nao quer dizer que eles realmente estavam assim) com a cabeça de homens de 150 anos atras.
E outra, não é pq nao sabemos a explicação de algo que quer dizer que seja algo sobrenatural ou místico. No inicio da humanidade, quando nao sabiamos explicar as estações do ano, atribuíamos a mudança de clima aos deuses. Hoje isso soa ridiculo. Acredito que toda essa crença atual de voces nao passara de uma inocencia daqui alguns anos.

Anônimo disse...

Nao quero trolla ninguem. É só minha opinião.

Anônimo disse...

pensei que ia falar algo cientifico e talz e como foi feito essa tal "Prova de existencia" mas não tem nada , aff perdi tempo abrindo o link desse blog no site do ocioso =/

por favor na procima post algo interesante e verdadeiro

Anônimo disse...

Sou cético em relação a isso, sempre fui, e até que provem categoricamente não vou mudar minha opinião. O peso da prova está em quem acredita, e não em quem não acredita. Isto é a OPINIÃO de UM cientista, não se sabe nem se essa opinião é de fato verdadeira e proferida por este cientista, e mesmo se foi, não se sabe o que realmente levou ele a falar isso. São inúmeras variáveis que esse post sensacionalista não oferece nem uma possibilidade.
Tudo bem noticiar a existência disso, mas tomar wikipedia como verdade e atestar isso como verdade, simplesmente patético.

Anônimo disse...

para saber se existem espiritos , você precisa ve-los , ai entra o metodo cientifico , como ?
criar hipoteses , testar , ser testada em fatores diferentes ai por ai vai
se ELE achou a prova , não quer dizer nada , é só uma teoria DELE
se eu ver uma luz no céu , e falar que vi um Ovni e vc somente acreditar , eu terei realmente visto um Ovni ?
E se o Sr. William tinha algum disturbio mental ? ou era um ilusionista ? como se pode realmente acreditar nisso ?
Provando que algo existe da credito a uma crença, senão é só uma lenda

Anônimo disse...

claro ! completamente plausível
provaram a existência de espíritos em 1870 ...
141 anos se passaram e ainda não temos nada de concreto para apoir isso
se em 1870 tivessem provado algo, hoje em dia teríamos um "disk-espírito" a venda em qualquer loja, ou eles provaram que existia e todo mundo combinou de deixar essa área inexplorada ?
"legal ! chegamos até aqui, agora vamos focar em outra coisa ..."

Anônimo disse...

Eu acredito em unicórnios...

Cp Silk Sign disse...

Fonte seria a wikipédia? tá bom...

Porco Filósofo disse...

se ele estivesse vivo ainda poderia se encontrar com James Randi ( o cara que dá 1 milhão de dolares para quem provar algum fenomeno sobrenatural)e ficar rico. Que pena, morreu antes. kkkk
Amigo, voce nao pode afirmar com tanta categoria que o espiritismo é verdadeiro baseado em artigos do Wikipedia, so pq um cientista afirmou isto não quer dizer que era verdade. Tomemos Newton por exemplo ( o famoso fisico) que era alqumista e acreditava em coisas absurdas que nós hoje achamos risiveis ( procure no google).
Chico Xavier ( o famoso medium brasileiro) tambem tirou fotos com "espiritos", após alguns anos foi demonstrado por seus próprios assistentes que era uma farsa (procure no google revista "cruzeiro").
Resumindo a história, é preciso mais pra afirmar que a "CIÊNCIA" comprova o espiritismo, quem afirma isto foi um cientista antigo e não a ciência em si. É necessário mais do que isto...

Anônimo disse...

mas o foda é q é um cientista de 1832
queri ver os cientistas de hoje, muito mais inteligentes dizerem isso tambem, dai eu vou começar a acreditar

Anônimo disse...

O QUE ISSO VAI INFLUENCIAR NAS NOSSAS VIDAS?

Neuromancer disse...

Para ser provado tem que haver replicabilidade. Não basta dizer: Fulano fez e provou.
Ele tem que dizer como fez de tal forma que qualquer pessoa possa repetir o experimento e conseguir os mesmos resultados.
O fato de cientistas não conseguirem explicar os fenômenos não significa que não tenham explicação, ELES não conseguiram explicar e é só, daí a dizer que ninguém pode explicar é pura especulação.
Interessante notar que segundo quem quer acreditar o experimento está lá e prova tudo. Se é tão simples assim, porque não o repetem hoje e provam hoje que existem espiritos. Por que deveriamos acreditar que eles fizeram certo e que não houve nenhuma conclusão equivocada?

Anônimo disse...

a arrogância extrema, assim como a ignorância extrema é o que mais nos atrasa no campo do pensamento abstrato..

demasia em fé ou ausência da mesma causa cegueira...


Viva a ESCURIDÃO!

Anônimo disse...

Na verdade já temos idéias pré-concebidas antes de avaliarmos as coisas, nós sendo religiosos ou céticos. Infelizmente nunca avaliamos as coisas na imparcialidade. Para um cético podes mostrar um espírito em sua frente e ele dirá: "FRAUDE!!!" E para um religioso, será algo de outro mundo, ou acreditará nos espíritos, depende em fim da crença. Agora é fato que é difícil de acreditar com tanta mentira e mistério que existe em volta e manipulação, isso é, agora negar de fato qwue não existe, também não pode. Pois desde sempre em várias culturas sempre acreditou em algo superior, na mesma época que o cientista citado acima, houve outros cienista que comprovaram a existência dos espíritos. Hoje também já comprovaram a existência dos mesmos, hoje no séculoa equipe é compostas por médicos, biólogos, químicos e físicos. Não vou me prolongar, pois não tenho tempo agora. Mas procurem sobre as novas eperiências e tirem suas própias conclusões. E céticos sejam sábios como um grande físico que se encontra entre nós, vou repitir as palavras dele:" Não acredito em Deus, mas nunca disse que ele não existe..."

Anônimo disse...

Sempre existiram aqueles que falaram que a ciência prova isso e aquilo em matéria de espiritualidade. O próprio Kardec, fundador de uma vertente que ganha força propôs que a ciência poderia provar, mas o fato é que todo o material espiritista/espiritualista não pode ser comprovado, reformulado ou refeito. Ou vcs acham que, uma matéria de poucos linhas num blog desconhecido é o suficiente para ligar ciência e religião?

E ja vi matérias sobre ciência provando espíritos muito melhores que essa.

Jedi disse...

Tosco, não tem nenhuma prova concreta, apenas aparições, eu Acredito que o diabo se divertia com ele, Pessoas Mortas? nunca, do pó veio pro pó volta. a Alma Descança. Mal ou Bom, até o dia do Juizo.

bode disse...

Odeio posts religiosos pseudo-científicos... Se voces querer crer por crer, vao nessa.. Mas nao tentem dar um respaldo científico pra essas crendices que ai ja é forçar a barra. Qualquer publicação científica deve trazer TODOS os detalhes da metodologia utilizada para que possa ser reproduzida novamente com os mesmos resultados. E outra, qual a fonte disso ai? Passou por um crivo especializado? So pra voces terem ideia... Procurem por James Randi, ele oferece 1 milhao de dolares pra qq um que demonstrar qualquer atividade sobrenatural... Se isso é verdade, pq ninguem vai la? Chego a ter pena dos brasileiros, estamos longe de uma educação de qualidade pra formar, antes de tudo, pessoas críticas e de bom senso

Pedro HP disse...

Não entendo! Como pode alguém ter um blog com o nome ''Quero a verdade'' e falar mal dos céticos?! Já que pra querer a verdade tem que duvidar de falsas verdade. Sugiro que reveja seus conceitos, meu caro. E o que dizer do post?! Começando com a fonte: wikipedia. Nossa, que respaldo! Experimento feito em 1800 e caixinha de fósforo prova a existência de espíritos. Na verdade eu nem perdi meu tempo lendo o, me ative as datas e a conclusão que vale ressaltar: QUE CONCLUSÃO PÍFIA!
"Siceramente acho muito dificil ser cetico diante de tantas coisas inexplicaveis nesse mundo..." Ora, não precisa ter explicação, conte qualquer coisa que acreditarei ser verdade.Mude o nome do blog para: Quero qualquer verdade.

João MM Dutra disse...

"Na verdade acho que só falta alguem provar pra vc a existência do portugues " [2]

Ri muito com essa!

O bando de palermas, eu estudei e trabalheis com pesquisa científica por mais de 4 anos seguidos, esse Crookes que eu pessoalmente não havia ouvido falar até hoje, não fez nada contra os métodos. Eu nunca tive contatos com fantasmas nem nada, e sempre pensei se poderia haver alguma coisa que explicasse tal fenômeno, e a explicação dele quanto aos elementos e a obtenção do plasma, afirmo com grande surpresa, SÃO VÁLIDOS!

Forever Alone* disse...

existência de português!
sasauhsauhsauasu boa!

Anônimo disse...

N vale a pena gastar 1 min discutindo com quem quer ver 1 dimensão só...

Já disse...

Orlisvang Sahudina disse...

Acredito em espíritos... talvez, mas só talvez, esse cientista tenha juntado provas irrefutáveis da existência de espíritos que foram ignoradas pelo povo da época... mas existe a possibilidade de ele ter fraudado tb, existe a possibilidade de os médiuns serem muuuuuito mais espertos que ele nos truques e ludibriado ele... não adianta falar que pq o cara é cientista ele está imune a preparar metodos de analise falhos... nós não sabemos o posicionamento dele, se ele acreditava ou não, isso pode fazer com que ele acredite que algo foi sobrenatural e ainda adicione detalhes que não ocorreram mas que se "encaixam" nas experiencias... tudo isso, enquanto minimamente possível, desacredita o experimento...
Eu acredito que o ser humano nunca vai conseguir provar tudo em relação ao esoterismo em geral... talvez consigamos provar a existencia de espíritos (talvez tenhamos até a tecnologia hj, mas o preconceito impede), mas no final das contas inventaremos/descobriremos algo além para acreditar, e quando provarmos esse novo conceito então criaremos/descobriremos outro e assim vai até um momento em que será fantasia mesmo e mesmo assim guiará as religiões...
No espiritismo (não sou espírita) existe o conceito de planos espirituais cada vez mais sublimes, provavelmente nossa tecnologia conseguirá entrar em contato primeiro com os planos mais grosseiros e próximos à nossa faixa vibratória... depois iremos desenvolvendo tecnologias novas para alcançar o proximo plano, depois o próximo, depois o próximo e assim por diante... quando não conseguirmos mais "passar pro próximo", como conseguiremos saber se chegamos no último ou devemos continaur procurando a tecnologia?
O que eu quero dizer é... que sejam feitos experimentos e que eles sejam reservados à quem entende, existe uma razão para que a ciencia não reconheça ainda a existencia de espíritos (eu gosto de acreditar em plano divino). Se vc quer provar, estude, monte um experimento irrefutavel e altere a maneira do mundo encarar a morte. Se não queiser fazer isso respeite sua fé como aquilo que ela é... acreditar sem ter razão além da sua propria vontade de acreditar. Explicar a fé através da razão é produtivo apenas pra razão e não pra fé...

Anônimo disse...

um cientista do sec XIX tinha menos recursos que uma tribo indigena hoje... se estes experimentos fossem conclusivos seriam reproduzidos ainda hoje, de alguma forma, em alguma universidade...por fim, wikipedia nao serve de referencia, qualquer um pode escrever o q quiser.

Lemon-Kun disse...

Não sei se vocês sabem, mas o Wikipédia não é um site 100% Confiável.

Arthur disse...

Vale lembrar que isto ocorreu ates ainda 1900, muita coisa ainda n era explicada naquela epoca.

Anônimo disse...

eles sao demonios que se passam por outras pessoas

Marquinhos disse...

parece que a galera comenta ser ler o post, se não gostaram da fonte wikipedia, pesquise no google sobre willian crookes ue, vão achar inumeras referencias ao cientista e sua contribuição cientifica para humanidade, mas fato é fato, então pra que pesquisar no google ou em outras fontes ne?! basta falar mal da wikipedia, do blog e de tudo mais e contuniar dizendo que nada existe ....mais facil que rever conceitos, com relação a provas modernas é claro que existem, basta pesquisar de forma simples e vcs encontram, e por que não falaram que o site Ceticismoaberto.com que pesquisa e questiona NÃO pode NEGAR a veracidade da pesquisa de Willian Crookes???? pq fizeram um ADENDO no site???? deve ter um motivo,houve MATERIALIZAÇÕES de espiritos na pesquisa,tem o link da materia daqui do blog que fala sobre isso, alguem clicou pra ver??? provavelmente não. Galera eu aceito todas as opiniões mas pelo menos leiam o post, é o minimo para comentar com conteudo

Paulo Montes disse...

coisa muita gente confunde: crença em algo espiritual e religião, muita gente acredita em algo a mais alem da materia e não tem religião alguma, então os ceticos tem que saber separar isso , pq parece que não sabem. Só sabem atacar religião, e quem não tem religião? patetico.

Blue Duarte disse...

Não sei se você sabe, mas William Crookes não está apenas no Wikipedia. E não foi só ele que fez uma esperiência do tipo, o cientista que auxiliou Darwin na teoria do evolucionismo disse após a experiência que já se devia estudar a evolução do espírito. seu sobrenome é Wallace se não me engano, mas enfim, a ci~encia de hoje só prova ou desaprova o que convém, e os céticos vão na honda, lamentável.

Anônimo disse...

até parece que eu li.

Roberto Copeti disse...

Quero ver é alguém filmar ou fotografar!
É só conversa, conversa, conversa...
Deuses, fadas, duendes, fantasmas,lobisomens, vampiros? Fala sério...

Anônimo disse...

Incrivel o cara dizer que é cético, que pesquisa e entende de ciência e conhece ciêntistas e tem opnião embasada e o que se vê aqui é que nenhum leu a matéria e fala o mesmo discurso de sempre pra tudo que confronta sua crença lamentavel ver que essas pessoas é que querer formar opinião dizer que a pesquisa do ciêntista Crookes não vale nada sendo que nem ler um texto eles sabem

Testes, testes e testes. disse...

Balela, só se prova uma coisa que é possível reproduzir, faz parte do método científico.

Para se provar é preciso repetir o mesmo processo várias vezes, em locais diferentes, com cientistas diferentes, e o resultado ser EXATAMENTE o mesmo. Se não, é especulação.

RETROGIRL disse...

Ta, vc pegou da Wikipedia e nao de sites religiosos... Mas vc ja pensou que algum religioso pode ter escrito isso na Wikipedia? Pq, ate onde eu sei, o conteúdo da e na Wikipedia podem ser escritos por qualquer um... Portanto, sorry, Wikipedia nao eh garantia de nada; ou seja, nao eh fonte segura.
E se era tao verdadeira assim a pesquisa, com respaldo de vários cientistas, pq nunca mais conseguiram replicar o experimento? Para que algo seja aceito como verdadeiro/existente, nao adianta apenas UM cientista ter conseguido fazer, mas toda a sociedade cientifica tem que conseguir replicar o experimento; caso contrario, nada estará provado.

Eu também nao sei o que tanto as pessoas acham que a Ciência nao quer a verdade. A ciência nao impõe verdades, ela apenas a delimita. Ou seja, um paralelo legal a se fazer eh quando somos crianças e nao sabemos quanto da 2 + 2. Obviamente a resposta eh 4 e assim sempre o sera.

Quando descobrirmos que a unica resposta possível para a conta eh 4, nos que inventamos essa verdade? NAO. A gente apenas delimitou uma verdade pre-existente e assim faz a Ciência. Ela nao inventa verdades, elas apenas as delimita... Então existe uma ignorância acerca do que eh e como age a Ciência.

As pessoas tem a mania estupida de achar que a Ciência nao quer a verdade, que ela apenas quer impor uma e isso esta completamente errado. Tudo começa com uma teoria, se se consegue provar e REPLICAR, ai sim a Ciência toma como verdadeira, doa a quem doer; nao importando se isso eh a existência de espíritos ou nao.

Então antes de virem com essa conversinha ignorante de que a Ciência que nao quer acreditar, muitas pessoas ainda necessitam entender como a mesma funciona e como algo pode ser considerado verdadeiro.

Queiram ou nao, o único método confiável, ainda, eh o método cientifico. Portanto, parem de fazer dessa questão Ciência X Crença um joguinho estupido de futebol.

Glenn disse...

Se você pega um cientista, que é espírita, ele lhe dirá que existe espíritos...
Se você pega um cientista ateu, este lhe dirá que não há provas suficientes de que existem espíritos...

Ou seja: os que são religiosos afirmam, os que não são, dizem não haver provas. Cada um lhe dirá de uma forma diferente, vendendo-lhe o que tem á vender...
Você acredita? Ok, é SUA opção...

A maioria dos cientistas sérios não acreditam pois não há provas, agora se apenas UM ou dois afirmam ser verdade sem ter provas, como vocês acreditam nisso?

Isso só tem um nome: FÉ, e FÉ e CIÊNCIA não se misturam...
Vocês devem provar pelos SEUS meios que existem espíritos sem envolver a ciência séria... mas insistem em arrumar alguns "cientistas sérios" e usar eles, e ainda, colocá-los como porta-vozes de toda uma comunidade científica que não crê que existam espíritos...
Vocês agem sem razão, guiados somente pela emoção para apoiar seus conceitos.

kenia disse...

por tudo tem que ser reproduzido em laboratorio para existir? então vamos la
Maria ama João = ok
agora só por que em laboratorio não consigo fazer outras mulheres amarem João, significa que Maria não o amava? e que o amor não existe? é isso?
Sentimentos existem e não podem ser reproduzidos em laboratorio, assim como várias outras coisas.

Agora dizer que não existe é mais comodo do que pesquisar e procurar saber e quando alguem faz isso não adianta, pq o cientista do post fez e muitos simplismente sem conhecer seu carater dizem que ele esta mentindo
Afinal quem vai querer pesquisar se ninguem vai acreditar, algum cientista vai querer dizer que acredita em espiritos ou que tem uma pesquisa sobre isso pra que? pra perder o emprego? pra ser ridicularizado?? muitos ja devem ter provas mas tem vergonha e medo de dizer em publico e acontecer o que com Sr. Willian

Anônimo disse...

céticos sempre serão céticos, oque muda é a nossa maneira de agir com eles

Anônimo disse...

Fa na minha frente, pelo menos umas 10 vezes, aí posso pensar em acreditar, mas em mil oitocentos e lá vai bolinha?? Sem chance...mais um post ridículo que não prova nda além que o ser humanoa dora mentir e se sentir convicente.

rodrigov8ao disse...

pois é, por mais que a humanidade produza provas da imortalidade da alma sempre hávera aqueles que não querem acreditar e ponto, mas uma coisa que ninguém citou até agora são os cientistas sérios que nunca tiveram seus nomes envolvidos em fraude de resultados, mostrarem uma pesquisa séria para provar de uma vez por todas que NÃO existe a alma, o que eu vi até agora foi um monte de céticos e ateus xíitas que querem ganhar no grito só porque não acredita não quer dizer que não exista. um certo mestre do oriente uma vez disse. buscai a verdade pois ela voz libertará. bom, pra mim esta é a nossa maior busca que vamos enfrentar aqui na terra, como alguns colegas lembraram não é a fonte (wiki)o problema, o problema na realdade é o analfabetismo funcional das pessoas pois há varias fontes, eu recomendo as pessoas pararem de ser preguiçosos e se valerem da ferramenta que estão usando, pesquisem antes de falarem tanta besteira. fiquem na paz.

Ateu disse...

Vcs acreditam em td mesmo...rss
Nunca vi anta besteira, e tanta gente idiota q acredita em espirito, em pleno século 21..tsc,tsc,tsc

Anônimo disse...

quer provar se espiritos existem?
simples:
pegue uma arma de fogo, mire pouco acima do centro exato dos olhos e atire. PRONTO! você está morto e só.
(pelomenos desse jeito não preciso ler as babaquices que escrevem sobre isso ¬¬')
provado cientificamente, faça-me o favor ¬¬'

Anônimo disse...

Podem parar com esse lero e de soltar o verbo. Estou farta que falarem que os unicornios nao exitem.
Quando fui ao Polo Norte , o pai natal me ofereceu um, mas inesperadamente o coelho da pascoa com ciumes , roubou ele de mim e deu para o pé Grande.

Anônimo disse...

Que idiotice!Perdi minutos de minha vida....

Wladimir Wagner disse...

Li alguns comentários prós e contras... Sinceramente, não espero que a ciência responda todas as perguntas... Aliás, há coisas que ela jamais vai responder, como a religião não responde. Razão e fé são coisas diferentes, e acho mesmo que alguns céticos são tão fanáticos quanto muitos religiosos. Creio em Deus e em espíritos ao meu modo, e isto depende em parte do conhecimento sobre diversas experiências que pessoas tiveram neste campo em partes diferentes do mundo e um pouco da experiência pessoal. Enfim, sem narcisismos, sem ofensas, sem irritação: se os céticos são felizes em não acreditar em Deus e/ou espíritos, que assim seja... Pessoalmente não conheço nenhum feliz...

Joaquim disse...

tenho religião apesar de não praticar, ou seja acredito em uma força maior. Mas o "Pedro" está certo.
Acreditar numa bobagem dessa escrita acima é só uma medida do quanto vocês "crentes" são desesperados para se agarrar a algo. O método científico tem que ser repetido para averiguar-se a validade e confiança.
Algo que foi realizado a anos atrás, em condições duvidosas não tem validade nenhuma.
E se tivesse dado certo realmente, por que não se repete a experiencia hoje? só funcionava em 1800 e fumaça?
Se fosse real, seria distribuído em toda a mídia.
Deus, se ele existir, não dará modos para que a gente prova sua existência, seria muito fácil para nós amarmos algo que sabemos que é real.
Esse desespero todo é só um grito de socorro de uma pessoa que quer reencarnar infinitamente pra poder evoluir em algo melhor que um cachorro.

Lucas disse...

Um relato de 1870 é prova científica ?

Por quê não fazemos esperimentos hoje ?
Ah sim, já são feitos e, a cada um, um charlatão é desmascarado.

Blue Duarte disse...

Pô pessoal, é lógico que a ciência já tem prova da existência de espírito. Ah, e método científico? Conta outra vai. Os cara (cientistas) enrolam a gente com coisas tão estúpidas, aí os internautas "intelectuais" querem provas da ciência pra isso e aquilo. Vocês estão sendo enrolados com historinhas galera, vão por mim.
Nem vou citar mediunidade (já citando), algo que presenciei e que me deram provas irrefutáveis de vida após a morte. Mas pros internautas "intelectuais" não existe nada não é? Pois nada passa pelo método cintífico. heuheuehueheeue a ciência é falsa e foda, e a galera que quer saber tudo acreditam nas historinhas deles. shaushauhsua tá louco.

Arthur disse...

Sou espirita e acredito em espiritos, reeencarnação, acredito nisso principalmente por justiça (pois se morre um bebe na terra, porque o outro pode morrer aos 70 anos?) ..
Mas vamos lá, existem 6 bilhões e 400 milhões de pessoas no planeta e concerteaa há vida lá fora, então quem sou eu pra julgar minha religião correta?? Ninguem.
Só saberemos da verdade quando morremos, acredito eu, então que esperemos até lá, o que me interessa é conhecer tudo que religião na terra para não sofrer com uma falsa verdade que acreditei por toda vida apos a morte.

Anônimo disse...

Olá

Eu fico com a proposta de Chico Xavier, eu não me preocupo com quem não acredita por que eles também irão morrer e saberão a verdade.

e mais é só estudar que se acha a verdade.

Anônimo disse...

1° de tudo... "SE" existem, espiritos não são "físicos" (pela propria explicação de mediuns e ''cientistas'' [RISOOOS])..

por tanto não tem como interagir com um objeto ou um ser vivo.

Sem mais, crentes...
ceticismo continua vencendo

Anônimo disse...

E precisava provar? LOL Colocar esse povo num centro de umbanda pra ver se não começa a acreditar rapidinho, er.

OridesGW disse...

Material científico do Wikipédia não considerado tão científico assim...

Mas enfim, ele conseguiu provar que existem espíritos? Os experimentos realizados obtiveram os mesmos resultados ou resultados previsíveis?
Ou ele simplesmente foi numa casa de algum médium e participou de um culto, ou coisa assim?

Isaac Newton disse que os planetas orbitavam praticamente no mesmo plano por que deus tinha os colocado naquela posição, mais tarde um filósofo provou que os planetas estavam no mesmo plano usando as próprias leis que Newton tinha estudado. Mas o que tem Newton a ver com esse post?
Ele de fato não conseguiu explicar a relação dos planos das órbitas, por isso imaginou que deus o tinha feito daquela forma, mas o próprio trabalho de Newton é bom o suficiente pra demonstrar esses movimentos. Conclusão: Na ciência as coisas não funcionam através de nomes, nem mesmo o maior gênio de todos os tempos pode estipular regras sem prova-las.

Repito, Crookes provou a existência de espíritos? Eu, no laboratório ou em casa, posso obter os mesmo resultados que ele sem apelar a forças divinas? Se sim, então eu acreditarei e defenderei os espíritos até alguém me provar o contrário. Se não, eu não posso tomar isso como uma verdade, posso somente ter fé. Fé não é ciência, ciência não é religião.

Anônimo disse...

Prova que espíritos existem? Com certeza não foi provado neste texto, onde não está escrito nada além de observações, e isto não prova nada!
Apesar de acreditar em diversos tipos de entes sobrenaturais, este tipo de texto não prova a existência de nenhum deles...
Antes de afirmar que a ciência provou a existência de algo, procure saber como que é feito um artigo científico...

RAPHAEL MAXIMO disse...

QUE FRAUDE, HEAHEUAHAEUHEAU!

O PIOR, O "ESPÍRITO" USA VESTIDO! TEM QUE SER MUITO BURRO PRA ACREDITAR EM MONTAGENS!

Anônimo disse...

Não é vestido troxa.. ¬¬
é apenas o envoltorio do espirito, é ectoplasma.. dã

Sou kardecista e sei disso há muito tempo, querendo ou não, esse post sendo verdadeiro ou não.. eles existem. Até porque somos nós mesmos eles.

Anônimo disse...

Esse é para os Céticos. Leiam
http://paradigmaespirita.blogspot.com/2011/07/medicina-reconhece-obsessao-espiritual.html

E me respondam depois....

Anônimo disse...

se nem o site ceticismo aberto que desvenda os charlatões e fraudes nao conseguiu dizer que é mentira, então acho que os céticos não tem mais o que falar, como falaram la em cima "melhor fingir que não leram isso"

F.Fernandes disse...

Conclue este estar num plano imperceptivel para os nossos sentidos e " Demais "
Vááá Saber ...

Anônimo disse...

AFF...TO PROCURANDO PROVA CIENTIFICA SOBRE A EXISTENCIA DE ESPIRITOS E ME VEM ISSO. TO FALANDO DE CIENCIA, NAO DE EXPERIENCIAS DE 1800 E POUCO.
PARECE QUE NAO EXISTE NADA E FICAM INVENTANDO JEITO DE ACREDITAR.

Anônimo disse...

É muita gente sem o menor conhecimento dando opinião "a torto e a direito". Galera,estudem o que anda ocorrendo hoje em dia no meio científico ,que aí sim vocês poderão negar os fatos,argumentar e tudo mais. Agora com o que vocês falam vocês só convencem a vocês mesmo e a um bando de tolos iguais a vocês!

vinicius disse...

Se você afirma que um ou vários renomados cientistas são suficientes para corroborar um experimento você está incorrendo num erro de lógica. Renome não é requisito para nada! Isso que você fez cham-se "falácia da autoridade". Qualquer constatação científica tem que passar pelos mesmos métodos independente de qual tenha sido a sua fonte! Sejá de Einsten ou do cientista da padaria da esquina!!

Anônimo disse...

Quanta gente desinformada comentado aqui. Céticos acreditam naquilo que querem, pois assim é mais cômodo. Pesquisem a respeito de todos os estudos espíritas. Melhor não né, continuar na ignorância é muito mais fácil. Espíritos existem, podem ter absoluta certeza disso. E a responsabilidade para com o mundo espiritual também existe. Aí é que está o problema para os pseudo-intelectuais e são tomés!!!!

Clovis disse...

Kardec já dizia desde sua primeira obra que o espiritismo deve ser observado como ciencia e não praticado de forma cega.
Esperimentos como o aqui mostrado existem aos montes, estude-se o efeito da mente encarnada ou desencarnada sobre o hectoplasma e concluirão que é factivel.
Não acreditar em espiritos é o mesmo que negar todas as religiões, todo um passado e presente, a sí mesmo e enfim negar a existencia de uma entidade maior, que cada chame como quizer, no idioma português é Deus.
Eu respeito a todas as religiões, seitas religiosas, e doutrinas, mas não confundo folclore com o anteriormente citado. Particularmente já presenciei fatos ditos sobre naturais que quando entendidos passam a ser naturais, que não acreditava existirem.
Realmente existe Inglês, magico, que oferece um milhão de dolares a quem lhe mostrar algo sobre natural, mas cabe a mim esclarecer que fatos como o aqui apresentados não são espontaneos. Espiritismo ou espiritualismo não são meras diversões, é coisa séria, e os ceticos não precisam preocupar se em provar ou negar, um dia vão para o andar de cima, e quão mais mal preparados, mais tempo para se adaptarem e mais confusão na mente.
Que Jesus abençõe a todos...

Clovis disse...

Todo efeito é originado por uma causa. (Lei de causa e efeito).
Causa = Deus.
Efeito = Espirito.
Meio. (Como de causa se chega ao efeito).
Deus => Criação > Universo > natureza > Materia > Espirito > (perispirito é materia também)
Causa = Espirito
Efeito = Ser

Se contestarmos a lei de causa e efeito vamos acabar contestando:
Socrates (Platão)
Gorgias
Diogenes
Galileu Galilei
Newton
Leibnitz
Einstein
e por aí vai, é só conhecer um pouco do trabalho de cada um...

Alex Ribeiro disse...

Creio que isso não prova nada, mais, comecemos a pensar racionalmente, dizem que ficamos esperando um tempo para reencarnar-mos e que fazemos os planos lá em cima, porque quando reencarnamos não lembramos de nada? Desde o início do surgimento do Homem já morreram zilhões de pessoas, como poderia haver espaço pra tantos espiritos se reencarnarem? Não haveria espaço para novas almas, certo? Se fosse verdade não deveriamos ver espiritos em qualquer lugar, e o melhor que todos pudessem ver, porque apenas algumas pessoas afirmam ter visto? Por que tal experiência não foi comprovada novamente? Nunca vi nada flutuando, nunca vi nenhum espirito, e isso me parece mera ilusão de pessoas fracas que preferem não acreditar que um dia vai morrer, e que realmente há um fim, precisam se agarrar a amigos imaginários, deuses, e papai noel, para poder ter conforto e esperança que irá viver pra sempre, que existe um paraíso, ou inferno e purgatorio, e por ai vai...

Freud diz: - A religião é a neurose obsessiva universal da humanidade. Como a neurose obsessiva das crianças, ela surgiu do "complexo Édipo", do relacionamento com pai.
- Nosso Deus, a razão, atenderá todos esse desejos que a natureza a nós externa permita.

Freud diz: - "Desçam das alturas, sere humanos. Vocês não são tão grande quanto pensam. Vocês tem que salvar a si mesmos de seus delírios. Vocês estão cheio de sexualidade. Vocês estão cheio de ódio, luxúria e inveja. Encarem a si mesmos. Vou salvá-los de tais ilusões.

Freud diz: - A psicanálise nos ensinou que nosso intelecto é algo frágil, um instrumento de nossos instintos, e que somos obrigados a agir ora com inteligência ora com estupidez pelos comandos das nossas atitudes emocionais.

Freud diz: - A civilização está perpetuamente ameaçada de desintegração. As paixões institivas são mais fortes que a razão. A civilização tem de utilizar esforços supremos a fim de estabelecer limites para os instintos agressivos do homem.

Freud diz: - Em nossa opinião, a verdade da religião pode ser totalmente desconsiderada. Suas doutrinas conservam a marca dos tempos em que surgiram, dos tempos de ignorância da infância da humanidade.

Freud diz: - Nossa conciência não acredita na sua própria morte. Ela comporta como se fosse imortal. Não conseguimos imaginar nossa própria morte e, ao tentarmos faze-lo, percebemos que, na verdade somos espectadores imóveis.

(Sigmund Freud, 1877 - 1939)

Creio que se algum dia for realmente comprovado será manchete em todo Mundo, que passará a Semana inteira ou até o ano todo, até lá continuo sem acreditar, eu só acredito vendo, e ainda assim fico de olho nas cameras pois tudo pode ser inventado hoje em dia, com efeitos especiais e etc. O problema é que vocês estão vendo tv demais influenciados com novelinhas da Rede Globo. "Lavagem Cerebral".

Há pessoas que acreditam em tudo que vê. Pois eu prefiro questionar tudo que vejo. Isso chama-se pensar racionalmente, e sim isso que é ciências, por questões e provas a mesa. Sem provas concretas nada pode ser provado não significa que não exista mais também não se pode afirmar que exista pois não há provas concretas e nem uma teoria plausível. Essa foto está horrível.

Até lá você não pode afirmar que a ciência comprova que os espiritos existem, pois isso é uma terrível calúnia.

Devido aos cientista terem descoberto a Mecânica Quântica tenho visto um crescente numero de artigos denominados "O SALTO" Quântico, incrível, pra quem é orientado por “espíritos superiores”. Só começar a usar tal termo depois que a ciência revelou.

Pra mim parece uma forma desesperada de atrair mais fiéis e não perder os que já são seguidores de tal crença adicionando o nome "Ciências" e associando "Mecânica Quântica" a tal "religião" espirita.

Alex Ribeiro disse...

Religião = "Culto prestado a uma divindade; crença na existência de um ente supremo como causa, fim ou lei universal.
Conjunto de dogmas e práticas próprias de uma confissão religiosa. A manifestação desse tipo de crença por meio de doutrinas e rituais próprios. Crença devoção piedade. Reverência às coisas sagradas".

Ciências = "A ciência é o esforço para descobrir e aumentar o conhecimento humano de como o Universo funciona. Refere-se tanto a(o):

-Investigação ou estudo racionais do Universo, direcionados à descoberta da verdade e/ou realidade universais. Tal estudo ou investigação é metódico e compulsoriamente realizado em acordo com o método científico – um processo de avaliar o conhecimento empírico;
-corpo organizado de conhecimentos adquiridos por tais estudos e pesquisas.

A ciência é o conhecimento ou um sistema de conhecimentos que abarca verdades gerais ou a operação de leis gerais especialmente obtidas e testadas através do método científico. ("Wikipédia").

Esse é meu ponto de vista. Sem prova concreta ou teoria plausível, Sem ciência.

Com espiritos, Deus, Jesus, fé em coisas não provadas, sem provas concretas, com teorias que deixam brecha para dúvidas demais, que só com muita fé pra não duvidar. "RELIGIÃO".

Até lá não acrescente a palavra Ciências ao espiritismo.

ANTONIO LUIZ ANTEQUERA CABRAL disse...

ANTONIO LUIZ ANTEQUERA CABRAL - 76 ANOS - RIBEIRÃO PRETO-SP
Meu coleguinha foi esquentar-se à beira do fogão de lenha, onde a mãe houvera deixado um litro de álcool, para ascender o carvão, e, inadvertidamente bateu o braço no frasco que caindo sobre as chamas explodiu. Naqueles idos (1942)a ciência ainda não tinha recursos para sanar graves queimaduras de terceiro grau e o João desencarnou. Eu era frequentador do catecismo da Igreja Coração de Maria e perguntei à minha professora, se, sendo Deus justo e perfeito, porque o Joãozinho morrera e eu não? Ela respondeu que era "mistério de Deus". Inconformado indaguei do frei Ramon e ele também respondeu que era "Mistério de Deus". Passaram-se os anos e eu ja tinha nove anos quando ouvi dizer que um fulano de nossa cidade tinha torneiras de ouro. Como conhecia um casal de velhinhos que catava papel na rua para viver, perguntei à professora de catecismo por que essas coisas: um com torneira de ouro e outros catando papel velho para vender e se nutrir? Ela respondeu: isso é "Mistério de Deus".Indaguei frei Ramon: também respondeu "Mistério de Deus". Abandonei contrafeito o catolicismo. Aos quinze anos sofri um acidente de trabalho, no qual um caminhão entrando na empresa em que trabalhava foi abalroado pelo outro que transitava na mesma via e atirado contra mim. O parachoque entrou no portão juntamente com minha perna direita. Houve fratura exposta do femur. Hospitalizado recebi de minha irmã Maria de Lourdes,já espírita, o Livro dos Espíritos, onde 1024 indagações de Allan Kardec (pseudônimo de Hipolite Leon Denizard Rivail) eram respondidas pelos Espíritos com sapiência e clareza, o que me levou a participar da Doutrina Espírita. Nesses mais de sessenta anos tenho presenciado muita coisa que a mim comprovam sobremaneira a existência dos Espíritos (alma dos que viveram na Terra) que seria necessário escrever longas lautas sobre o tema, o que certamente não é o momento, todavia foi relatar a que mais me impressionou. Não acreditava até então na comunicabilidade dos Espíritos. Minha futura sogra impunha que sendo eu Espírita, a filha se casasse na Igreja. Certo dia numa reunião em casa de minha irmã, eu ja com 19 anos, manifesta-se um Espírito, através de uma das vizinhas que não conheciam nossa família, e o Espírito se dizendo meu avô, tinha o propósito de doutrinar meu pai. Para que meu pai acreditasse fosse ele,mandou que fizesse uma pergunta de sua infância. Meu pai perguntou como era o cavalo que o dia Ziza havia dado a ele. Meu avô disse: vc perguntou algo muito material, mas vamos lá: decorrido alguns segundos disse ele: o cavalo que o Ziza te deu era alazão, com manchas brancas na pata direita e na orelha esquerda.Meu pai pediu-lhe a bênção. Enquanto ela doutrinava meu pai por um erro grasso que estava cometendo (falta de perdão a alguém) eu pensava em perguntar se devia ou não casar na Igreja. Mas abstive-me de fâzê-lo, pensando: "como fazê-lo numa sessão Espírita". E qual não foi minha surpresa, antes que se retirasse, meu avô voltando-se para mim disse: e você, meu netinho, sobre casar na Igreja, vamos interceder em seu favor. Espere confiante. Estou com 55 anos de casado.Somos felizes eu e a esposa. Abraço a todos.

ANTONIO LUIZ ANTEQUERA CABRAL disse...

Tinhamos seis anos eu e o Joãozinho. (1942) A mãe dele ascendeu as brasas do fogão de lenha com álcool. O litro estava ainda ali quando o Joãozinho foi se esquentar e bateu o braço, caindo o frasco ja quebrado ao bater na chapa,explodindo seu conteudo, queimando-o muito. A ciência não estava ainda tão evoluida a tempo de salvá-lo das queimaduras. Desencarnou. Frequentava o Catecismo da greja Coração de Maria, na Vila Tibério, em Ribeirão Preto. Perguntei à então professora de Catecismo por que o Joãozinho, meu colega de biroca, morreue e eu não, sendo Deus bom,misericordioso, justo e perfeito e ela respondeu: Isso é "Mistério de Deus". Inconformado idaguei também o Frei Ramon que deu a mesma resposta. Aos nove anos ouvi alguém dizer que fulano de tal tinha torneiras de ouro e como conhecia um casal de velhos que catava papel na rua, indaguei novamente à outra professora de catecismo, sendo Deus Justo e Perfeito, por que aquilo. A resposta foi: Isso é "Mistério de Deus" e o Padre da época também deu a mesma resposta.
Fiquei anos sem religião. Aos quinze anos um caminhão me prensou a perna junto ao portão da empresa em que trabalhava, sofrendo uma fratura exposta do femur. Hospitalizado, minha irmã Maria de Lourdes (a Ia) me levou o Livro dos Espíritos, escrsito por AllaN Kardec, (pseudônimo de Denisar Leon Hipolite Rivail)existem 1024 perguntas por ele feita a espíritos diversos, cujas respostas simples, nítidas, esclarecedoras me iluminaram e me fizeram passar a estudar essa doutrina. Estava esclarecido o ´Mistério de Deus" a mim. A futura sogra, quando então com 19 anos, informou que sua filha caçula deveria casar na Igreja, como fizeram as outras. Passei a viver um drama íntimo. Numa sessão espírita, em casa de minha irmã Maria de Lourdes e através uma vizinha (que não conhecia sobejamente nossa família, recebeu um espírito se dizendo "fulano de tal", meu avô, querendo conversar com meu pai. Pediu-lhe que fizesse alguma pergunta de sua infância para que pudesse se fazer acreditado. Meu pai perguntou como era o cavalo que o tio Ziza havia lhe dado. Meu avô disse que a pergunta era muito materialista, mas concentrados por alguns segundos ele aduziu:"o cavalo que o Ziza te deu era alazão com manchas brancas na pata direita e na orelha esquerda, ao que meu pai pediu-lhe a benção. Então começou a doutrinar meu velho pai por persistir numa falta de perdão, oportunidade em que pensei perguntar se deveria casar na Igreja, todavia me abstive por estar numa sessão espírita. Eu até então não acreditava em comunicabilidade de espíritos e ali estava presenciando uma com patentes de verabilidade. Após doutrinar meu pai, virou-se para mim e disse: e você, meu netinho,enfrente o altar resignado que faremos o possível para ajudá-lo. No dia do casamento (18.05.1957) lá estava o grande tribuno espírita e cirurgião da FOF (Faculdade de Odontologia e Farmácia) de Ribeirão Preto, Dr. JaimeMonteiro de Barros, que fez maravilhosa palestra sobre casamento e nos saudou. Eu e esposa estamos com 76 anos de idade ambos e com 55 anos de casamento. Tenho inúmeros casos comprobatórios da existência de espíritos, que, afinal, somos nós mesmo do outro lado.

Mauricio disse...

concordo, mais o assunto é muito interessante, não da pra deixar de lado alguns relatos.

Anônimo disse...

AAf kkkk vcs me fazem rir é mais fácil o goku se real do que esses amigos imaginários di vcs
não existe força sobrenatural
vcs que falam para uma criança que papai noel nao existe é como eu chegar e dizer nao existe POR QUE NÃO EXISTE
simples eu não presiso segui palavras de velhos baboes que acreditam em mitologia
e se eu acreditar em zeus eu vo queima eternamente no inferno ?
então o povo da Grecia,quem acredita em Alá ou qualquer outra coisa do genero vai queima no inferno ?
seus meio tecnologiocos foram feitos por ateus isso significa que vcs tao possuído pelo capeta HSUAHSA
um abrsso espero te ajudado a cabecinha fraca de alguns

Anônimo disse...

So quero deixar minha dica com relação ao texto, eu quase desistir de ler,so por ser grande demais, e já foi comprovado que é sempre melhor ser objetivo. Então fica a dica:
Faça textos com objetividade e qualidade, levando em consideração o tamanho do texto para o menor possivel, mas sem perde a qualidade. Se o titulo do texto e "Ciência prova a existencia de espíritos." , não precisa falar tanto sobre William Crookes, apenas fale sobre as invenções ou descobertas de modo resumido, se ta vivo, enfim coisas relevantes, você poderia transmitir tudo que está ali usando menos linhas.
O conteudo e bom só diminuir o tamanho do texto, esse e um segredo de muito bloqueiro de sucesso, devido ao fato de que as pessoas vão ler o texto se for do tamanho ideal, mas se for muito grande a maior possibilidade e da pessoa desistir.

Arnaldo Ribeiro disse...

O AMOR INCONDICIONL AGIU NOSSA DESTRA PODEROSA, QUE FORÇA OUTRAS MÃOS SÁBIAS, CRIANDO ESTA AÇÃO TERRENA, TRABALHANDO PELO BEM COMUM:
(GN.1.31) – VIU DEUS TUDO QUANTO FIZERA, E EIS QUE ERA MUITO BOM: HOUVE TARDE E MANHÃ, O SEXTO DIA: (AR.66.5)
(IS.14.24) – Jurou o Senhor dos Exércitos, dizendo:Como pensei, assim sucederá, e, como determinei, assim se efetuará: (IS.55.11) – Assim será a palavra que sair da minha boca: Não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei:(RM.10.19)Porventura não terá chegado isso ao conhecimento de Israel? (LC.17.30) – Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar: (JÓ.9.19) – Se se trata da força do Poderoso, ele dirá: Eis-me aqui! (DN.5.24) - Então, da parte Dele foi enviada aquela mão que traçou esta escritura: E em obediência as ordenanças do Senhor Nosso Deus, a nossa Destra recompõe as 66 letras e 5 sinais da parábola acima, para confirmar que:
EU DEI MINHA MÃO AO DEUS, QUE TRAZ FUTURO A VIDA: E AQUI EXISTE O TESTEMUNHO DO VERBO: (IL.66.5)
Com essa Mão Abençoada os Profetas bíblicos escrevem que:
(2PE.1.2) – A GRAÇA E A PAZ VOS SEJAM MULTIPLICADAS NO PLENO CONHECIMENTO DE DEUS, E DE JESUS, NOSSO SENHOR: (AR.76.3) E com estas 76 letras e 3 sinais, o Todo-Poderoso nos confirma que: JÁ ESCREVO AGINDO AOS CONSCIENTES NO MUNDO, PELA JUSTIÇA, E PELA PAZ DOS HOMENS E DAS MULHERES: (IL.76.3)
(PV.16.1) – O CORAÇÃO DO HOMEM PODE FAZER PLANOS, MAS A RESPOSTA CERTA VEM DOS LÁBIOS DO SENHOR: (AR.67.3) - No mesmo critério revelamos o conteúdo objeto da parábola acima, recompondo as 67 letras e 3 sinais que a compõem, assim: NOSSO HOMEM TEM PASSADO PROVA DE SABER, PELA CERTEZA NO CORAÇÃO DOS FILHOS DO AMOR: (IL.67.3)
(IS.14.26) – Este é o desígnio que se formou concernente à toda a terra, e esta é a MÃO que está estendida sobre todas as nações.

Victor Xavier disse...

Tem um erro na postagem, Espiritualismo não e o Espiritismo, uma pessoa espiritualista, e uma pessoa que estuda e tenta vivencias as religiões em busca de uma resposta, espiritista e um religioso da religião espirita!

Douglas Rodrigues disse...

William Crookes fraudou as pesquisas, qualquer pessoa que estudou a história da parapsicologia sabe disso!

Marcello disse...

Claro...Crookes não merecia respeito da comunidade cientifica ne?!!!...então sabichão coloca aqui as provas que ele fraudou as pesquisas, estamos todos esperando suas provas...para de falácia e mostra as provas do que vc disse...

Anônimo disse...

William Croocks não é criação da wikipédia. Parece que vocês ainda não entenderam isso. Estão tão preocupados em negar tudo que nem sabem o que estão lendo. Do que exatamente vocês tem medo, e porque?

Anônimo disse...

E você é muito avançadinho, não é? Você é muito inteligente. Resolveu todos os seus problemas. Sabe tudo. Não é mesmo? Que maravilha, não é mesmo? Muito bom para você, viu...

Anônimo disse...

Porque você não faz isso e tenta provar que eles não existem, já que parece que é essa a sua vontade, hein?

Anônimo disse...

Se acha que essa discussão não é digna de você, porque perdeu tempo lendo. Vai te catá meu....

Anônimo disse...

Meus parabéns. Ainda existem pessoas sensatas.

Anônimo disse...

A "energia", seja de que tipo for pode sim agir sobre um objeto ou um ser vivo e não é material. O ceticismo só vence mesmo para o cético, mas contribui muito para o crente porque ajuda a aperfeiçoar sua visão de mundo.

Anônimo disse...

Vocês acham que Sir William Crookes publicou seus trabalhos na wikipédia? Vocês estão loucos. Eh, Eh. Pesquisem a respeito. Estou falando de pesquisa séria. Isso é, se estiverem interessados né.

Anônimo disse...

Vai rindo, meu. Vai rindo. Pesquise sobre as hienas. Elas riem muito também. Talvez elas tenham razão, não é mesmo?

Anônimo disse...

Não será mostrado a todo mundo porque a midia é manipulável. se é que já não foi provado. Ou será que você não sabe que a midia é manipulável?
Acho bom você se atualizar.

Anônimo disse...

Aprenda a falar e a escrever primeiro. Cabecinha fraca. Ehehheheheh. Será que não é a sua. Pensa bem!

Anônimo disse...

Cara!??? Você acha que William Crookes ainda está "vivo"????? Você nunca estudou nada. Não lê jornal, não assiste tv, nada??

Anônimo disse...

Não fraudou não. Ele era um cientista de respeito.

Anônimo disse...

não está em branco.
Ele não fraudou, não.

Anônimo disse...

Acredito que mais de um cientista já provou a existência do espírito. Eu não conheço os trabalhos científicos. Apenas conheço as histórias, como essa aqui neste site. Mas (digo aos céticos), como podem ter certeza que o que a ciência prova, realmente existe? Já analisaram os trabalhos científicos que provam a existência do átomo? A existência dos prótons? Podem dizer que os resultados desses conhecimentos já prova sua veracidade. Mas a mediunidade e os efeitos ditos "sobrenaturais" não provam, por sua vez, a existência do espírito?

luiz roberto disse...

É isso aí meu caro Marquinhos.
Hoje em dia não há como refutar a existência de um mundo espiritual, muito mais atuante e muito mais poderoso.
As evidências são muitas, digo, inúmeras. Porque do ceticismo? Justamente porque essas forças espirituais atuam sobre os seres humanos, impondo-lhes uma venda para que não enxerguem a LUZ.
O homem paga para assistir exibições ilusionistas de magia e fica encantado e, se tivesse 5 horas de exibição ele continuaria "enfeitiçado" pelo ilusionismo.
Felizmente hoje qualquer cidadão fornece e acessa as informações na mídia, que mostra as inquestionáveis evidencias dessas manifestações espirituais.
Tenho 63 anos, fui espírita, católico, más somente quando me tornei evangélico, que pude COMPREENDER e TESTEMUNHAR esse mundo extraordinário e REAL que se manifesta nos grandes "laboratórios" que são as igrejas evangélicas.
Porque do ódio tão grande por Jesus Cristo? se no relato histórico de sua existência é mencionado que ninguém pregou maior amor pela humanidade do que Ele, mesmo os céticos que não acreditam em sua existência, deveriam reverenciar o autor das escrituras sagraas por trazer a mais cativante mensagem de amor ao próximo.
Hoje, qualquer pessoa que DEUS, digo e repito DEUS usa para a manifestação de SEU poder, é odiada por aqueles que ainda tem essa venda nos olhos. Aqui no Brasil, uma das pessoas mais odiadas chama-se Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, local onde apresenta incontáveis evidências da manifestação espiritual através de MILAGRES inquestionáveis. Somente que, a mídia secular e os hipócritas desligam seus aparelhos e procuram impedir a divulgação das imagens (PROVAS EXTRAORDINÁRIAS) que os céticos tanto cobram mas quando lhes apresentadas, viram seus rostos e continuam respondendo o que lhes foi imposto por SATANÁS (espírito):
"Mostre as provas que Deus existe, que milagres existe, que espírito existe, etc..."
Felizmente e, justamente porque Deus existe, e existiu e existe Jesus Cristo, que os ama, que muitos serão chamados ao arrependimento.

Anônimo disse...

Esses argumentos não são provas científicas válidas. Houve um começo de uma explicação e logo, objetos estavam voando, papéis escritos sem auxílio humano. Eu realmente gostaria de uma descoberta plausível, com provas concretas. Porque é triste admitir que todo ser nasce, vive e morre. É radicalismo de ambas partes dizer, não há existência alguma espiritual, ou dizer que com certeza há! Novas teorias sempre são confirmadas e depois vem algo que a contradiz por inteira, e várias hipóteses aceitáveis foram descartadas como impossíveis por conta de novas descobertas. Não tem como ser 100% certo...

Simone Diogo disse...

Antes de qualquer pré-conceito metodológico ou não, não estamos partindo de uma tábua rasa! Cada um carrega consigo valores estabelecidos como imutáveis o que derrubaria qualquer idéia de experiência!

Walmir Almeida disse...

Os próprios institutos de parapsicologia sériso dizem que não existem espíritos, aliás, de acordo com a metodologia científica atual, só o que é falseável e refutável faz parte da Ciência, sendo que tanto Ciência quanto Filosofia são naturalistas, o que está sendo demonstrado cada vez mais é que não existem poderes paranormais, espíritos e outras fantasias afins. A Ciência possui procedimentos que não se limitam à opinião. o texto é cheio de falácias.Um Cientista não determina a Ciência, para ser Ciência é necessário que os temas sejam colocados em escrutínio público.

Se existissem espíritos e se tivesse sido comprovado isto seria alardeado em todo o planeta e existiriam livros científicos sobre isto. Procure um livro científico, uma publicação científica que fale sobre espíritos e ninguém vai encontrar.

Magister Dixit não é prova científica e evidência anedótica é ignorada pela Ciência, portanto pelo o que se sabe nunca foi provada a existência de espíritos e muitas falcatruas sobre isto já foram descobertas, portanto este artigo só tem validade para quem não sabe como a ciência procede e que acha que a opinião de cientista seja prova científica. Hoje nem os institutos mais renomados de Parapsicologia acredita na existência de fenômenos paranormais. A resposta dos ateus ou dos céticos é simples: Nada foi provado e falácias e afirmações sem base em observação natural, não faz parte da Ciência.

Se fosse provada a existência de espíritos isto seria uma bomba que faria explodir as pesquisas na área, o que se saber cada vez mais é que somos cérebro, nossa memória, nossa percepção do mundo, nossa personalidade é fruto de algo material, aliás em nosso mundo só existe matéria e energia que no fundo são a mesma coisa em estados diferentes, pois segundo o próprio Einstein : Massa é energia condensada. Tentar inventar a natureza com base nos desejos, não é Ciência, o fato é que espíritos não existem, se alguém acha que existe, por favor, envie referências de artigos sérios que foram analisados pelos pares e foram demonstrados de acordo com as regras da Ciência, o que um ignorante sobre o assunto diz, não tem validade nenhuma, o fato é que cientificamente: NÃO EXISTEM ESPÍRITOS, por mais que crentes no fato se defendam com falácias lógicas completamente avessas à realidade.

EdsonTF disse...

Sempre procurei Deus, sempre tive uma educação religiosa quando pequeno. Com o decorrer do tempo, por vontade própria, me aproximei da ciência e me apaixonei por história antiga. Na mesma hora, me afastei de Deus e, a cada nova constatação das mentiras e atrocidades da Bíblia e da Igreja católica me afastava mais ainda(A igreja católica, fez de tudo para impor suas "verdades" através da tortura e da negação de verdades. Por exemplo, sobre a Terra e o Universo). Nossos antepassados acreditavam sem sombra de dúvidas, por exemplo, que a Terra era o centro do universo. As manchas solares eram tabu proibidas de serem mencionadas. O mesmo aconteceu com 4 maiores satélites de Júpiter. Quem falasse contra era torturado e morto e de forma extremamente maldosa. As pessoas eram queimadas.
Cada vez que procuramos a verdade e usamos o bom senso, nos afastamos de Deus. Uma pena pois torço por sua existência, procuro por ele e infelizmente a religião que postulou sua existência fez coisas que me afastaram dele. Se Deus existe (eu não sei) deveria ele não ter religião. Procuro mesmo por ele, mas infelizmente ele está muito longe de mim, e cada vez mais longe, é inatingível. Pobre de mim!!

http://doutrinaespiritacienciarealidade.blogspot.com.br/ disse...

A Ciência já vem provando por diversas maneiras ao longo de décadas que existe o espírito acoplado ao corpo físico!

Infelizmente, por mais que a ciência avance no sentido de estar encontrando comprovações quanto a isso tais comprovações não são divulgados ao público em geral, limitando-se a divulgação a poucos. É uma penas, pois se a divulgação se desse de forma ampla ajudaria a muitas pessoas de todos os credos!

carlos andre disse...

Primeiro, isso supostamente aconteceu a mais de um século.
A tecnologia ainda era fraca para refutar tais charlatães.
E segundo, ñ é por quê um grande cientista ou grande filósofo afirma q um fato é real q ele realmente seja.
Essa é a famosa falácia do apelo a autoridade.

Marisa Carvalho disse...

Quem não acredita em nada então qual é o sentido desta vida? Já que são tão inteligentes me digam pois penso que apenas nascer, crescer, reproduzir se e morrer não traz o sentido do porquê virmos ao mundo se é tudo uma breve passagem. Morremos e entramos em decomposição. É só isto? Então e o nosso índole? A nossa essência? O nosso carater? Então não vale a pena viver se um dia td vai terminar. É adiar o inevitável. E tudo nesta vida é uma ilusão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...